Pedidos de habitação social não param de aumentar

Pedidos de habitação social não param de aumentar

No concelho de S. João da Madeira, mais de 200 famílias aguardam por uma habitação social. Dos cerca de 22 mil habitantes, mais de mil vive em habitação social, o que equivale a 6,21 por cento. A autarquia admite que não é possível resolver o problema de imediato para todas estas famílias, e prevê no segundo semestre do ano a