Triunfo muito importante

Triunfo muito importante

Vista Alegre, 0 – Macieirense, 1

Campo da Vista Alegre em Ílhavo
Árbitro: Hugo Pinto auxiliado por João Moreira e Marisa Castro

Vista Alegre: Paulo, Filipe, Dani, Gonçalo, Chico, João Pedro, Mali, Gabriel (Vasco 67’), Rodrigo (Nassur 56’), Óscar e Danilo
Treinador: Rui Valente

Macieirense: Resende, Gustavo, Xavi, Mendes, Dani (João 51’), Marcelo (Huguito 38’), Abel, Roma, Lima, Talhas (Rosas 71’) e Gomes
Treinador: Borges

Disciplina: cartão amarelo para Talhas (45+2’), Rosas (84’), Vasco (89’) e Roma (90’); cartão vermelho para João (74’)
Marcador: João (61’)
No campo de um adversário direto para a manutenção, o Macieirense venceu pela segunda vez fora de portas e regressou, seis jornadas depois, às vitórias no campeonato.
Ao longo da primeira parte, o encontro teve poucos motivos de interesse, com o Vista Alegre a demostrar maior agressividade e mais iniciativa atacante.
Perante uma certa apatia dos visitantes, a equipa da casa dispôs do único lance de algum perigo, à passagem do minuto 33, quando Mali, dentro da área, cabeceou perto do poste.
Depois de ter sido inofensivo na etapa inicial, o Macieirense demorou apenas cerca de quinze segundos para estar perto de marcar, na sequência de um bom trabalho individual de Gomes que, de pé esquerdo, levou o esférico a passar muito perto do poste.
A resposta dos locais surgiu, pouco depois, mas Óscar também não conseguiu acertar no alvo.
O futebol produzido por ambas as equipas foi de pouca inspiração e, no primeiro remate enquadrado com uma das balizas, o marcador funcionou pela primeira e única vez.
Aos 61 minutos, João, fora da área, atirou colocado para o 0-1 mas, pouco depois, acabou por ser expulso de uma forma caricata.
O segundo golo esteve de acontecer em dois lances de bola parada, primeiro por Abel que, num canto, cabeceou a rasar o poste da baliza adversária e depois por Roma que tentou marcar de canto direto, contudo, o guardião Paulo mostrou estar muito atento.
Na fase final da partida, o Vista Alegre tentou de várias formas chegar ao empate mas a equipa de Macieira de Sarnes, apesar de estar em desvantagem numérica, esteve bem organizada e, apenas por uma vez, permitiu que os locais estivessem perto de marcar, porém, Resende, com uma saída corajosa, impediu o golo de Filipe.
Apesar da exibição menos conseguida, principalmente no primeiro tempo, o mais importante foi alcançado, sendo este um triunfo muito importante para o Macieirense, que vai continuar a lutar, dentro das quatro linhas, pela permanência no Campeonato SABSEG.

Paulo Rui

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

  Subscribe  
Notify of