Trança de Natal da Padaria Rainha conquista Medalha de Prata

A Trança de Natal da Pastelaria Rainha, em S. João da Madeira, conquistou a Medalha de Prata no VI Concurso do «Melhor Bolo-Rei de Portugal», organizado pela ACIP – Associação do comércio e da Indústria de Panificação, Pastelaria e Similares.

A Padaria Rainha, em S. João da Madeira, voltou a ser premiada no Concurso do «Melhor Bolo-Rei de Portugal» da ACIP – Associação do comércio e da Indústria de Panificação, Pastelaria e Similares. Na VI edição deste concurso que reúne mais de 300 bolos, oriundos de estabelecimentos de norte a sul do país, a Trança de Natal da Padaria Rainha conquistou a Medalha de Prata.

Este é mais um reconhecimento para a padaria e pastelaria sanjoanense que, no ano passado, foi distinguida pelo seu Bolo-Rei Escangalhado.

As receitas de Bolo-Rei, com todas as suas variações, continuam a ser um ex-libris das pastelarias Rainha, derivando da receita que Artur Rocha aprendeu aos 16 anos, idade em que começou a trabalhar no ramo, numa pastelaria do Porto, e veio a adaptar quando, apenas três anos depois, se lançou na aventura de abrir a sua primeira pastelaria, em Arouca.
Receita que aperfeiçoou e diversificou em várias outras propostas gastronómicas natalícias, como a Trança de Natal que é hoje uma referência na Pastelaria Rainha, em S. João da Madeira, que em Outubro último comemorou o seu 20.º aniversário.
Os empresários Nelson Martins e Artur Rocha encaram esta distinção do concurso da ACIP o reconhecimento da aposta na qualidade e serviço que pauta o trabalho diário da Pastelaria Rainha.
Anualmente as pastelarias Rainha produzem alguns milhares de quilogramas de especialidades natalícias, desde o mais tradicional Bolo-Rei, ao Bolo-Rainha, Bolo-Rei Escangalhado, Trança de Natal e muitos outros, não faltando também as propostas mais tradicionais que os portugueses não dispensam à sua mesa de consoada.
A ACIP organiza este concurso tendo como principal «promover, dinamizar e dignificar o sector», pretendendo ainda responder ao «propósito de impulsionar, enobrecer e proteger as principais e mais antigas iguarias do Natal». O concurso destinou-se a todos os fabricantes de Bolo-Rei distribuídos por todo o território Português e com a sua unidade de produção licenciada, podendo cada participante concorrer nas diferentes categorias: Bolo-Rei, Bolo Rainha, Bolo-Rei Escangalhado, Trança de Natal e Inovação.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

  Subscribe  
Notify of