Solteiros goleiam com cabazada de Natal para casados

Solteiros goleiam com cabazada de Natal para casados

Domínio total. Solteiros não deram hipóteses aos casados, que se apresentaram demasiado fortes de barriga e fracos de pernas, estando muito mal em termos defensivos e atacantes.

Casados, 0 – Solteiros, 10

Casados: Jorge Ladeira, André Silva, António Pinho, Fernando Silva, Ricardo Barbosa, Fábio Silva, Nel Vitamina, Marinho, Zé Gaivotas, Carlos Silva, Romeu Magalhães, e Manuel Palinhas

Solteiros: Gonçalo Coelho, Pedro Queirós, Tomás Moreira, Hugo Moreira, Fábio, Carlos Silva, Joaquim, Francisco Silva, Tiago, André, Miguel Sanches, André Portela, Emanuel, Gonçalo Pinho
Treinador: Vitor Zapa

Árbitro: Orlando Ferreira. Auxiliares: Manuel Silva e André Oliveira. 4.º árbitro: Maria
Golos: Carlos Silva – 5, Pedro Queirós – 2, Gonçalo Silva – 1, André Pinho – 1, André Portela – 1

Sem qualquer dúvida que este jogo de futebol não tem igual no país e estrangeiro, é um caso totalmente à parte e sem nada que se pareça com qualquer evento que meta uma bola de futebol, é uma tradição popular, apenas com raizes no lugar da Devesa Velha, em que a consoada e o Natal são comemorados de forma desportiva.
Com o apoio sempre pronto da Câmara Municipal, nas pessoas do sr. Pedro Miguel Silva e sr. Pedro Carvalho, no empréstimo do campo do Centro de Formação Desportiva, os moradores do lugar da Devesa Velha estão gratos pela forma como tem sido recebido todos os anos o nosso pedido de cedência das instalações desportivas acima referenciadas.
Gratos também à A. Moradores da Devesa Velha pela forma como tem assumido a organização deste grande e único evento desportivo.
Quanto ao jogo, goleada sem grande história, tal era a superioridade da equipa dos casados. Mal em termos físicos (muita barriga) e poucas pernas), o que, sendo assim, deu facilidades aos solteiros para golearem à vontade e demonstrando a melhor frescura física e melhores pormenores técnicos. Mas o resultado não é coisa prioritária, pois o que conta neste evento é o convívio e a amizade que anualmente acontece como destaque nesta época natalícia.
Para o ano de certeza que vai voltar a acontecer e, sendo assim, um bom ano para todos e muitas felicidades.
Vitória robusta e sem história dos solteiros.
Arbitragem exemplar de Orlando Ferreira, bem acompanhado pelos seus auxiliares.

Durbalino Dias

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

  Subscribe  
Notify of