Sociedade

Operação de fiscalização rodoviária interceta “corridas e tunning ilegais”

• Favoritos: 34


Foram fiscalizadas mais de 50 viaturas

A Polícia de Segurança Pública, no âmbito de uma Operação Policial de “grande envergadura”, no período decorrido entre as 22h00 do dia 28 de janeiro de 2023, e as 02h00 do dia 29 de janeiro de 2023, levou a cabo várias ações de fiscalização rodoviária, em S. João da Madeira.
Estas ações tiveram a finalidade de detetar a prática de comportamentos de risco durante a condução, nomeadamente “corridas e tunning ilegais”, tal como descreveu a PSP em nota de imprensa, bem como de condução de veículos em estado de embriaguez ou sem habilitação legal, “responsáveis, em grande parte, pela sinistralidade rodoviária”.
Tal como a PSP fez saber recentemente, na zona industrial das Travessas, “estavam a verificar-se algumas concentrações de dezenas de pessoas a assistir à prática de corridas entre veículos, em clara infração às normas legais previstas no Código da Estrada.”
Um dos condutores detetados ainda tentou a fuga à fiscalização, no entanto, acabou intercetado pelas equipas policiais, que estavam colocadas nas proximidades do local. Após ter sido fiscalizado, em segurança, foi-lhe apreendido o veículo automóvel, por alteração de características, tendo, por isso, ficado sujeito a inspeção extraordinária.
No decorrer da Operação, em que foram fiscalizadas mais de 50 viaturas, há ainda a destacar um detido (de 52 anos), por condução de veículo sob influência de álcool (TAS 1,44 g/l); seis autos de Contraordenação, por condução de veículo sob influência de álcool; um auto de Notícia por Contraordenação pela falta de Inspeção Periódica Obrigatória, e um auto de Notícia por Contraordenação, pela falta de Seguro de Responsabilidade Civil.
A Polícia de Segurança Pública clarificou que vai continuar a executar mais operações semelhantes que visem a “segurança de todos os cidadãos e a tranquilidade pública”.

34 Recomendações
114 visualizações
bookmark icon