Sociedade

Lar Residencial da CERCI “já foi aprovado” pela Segurança Social

• Favoritos: 17


A Segurança Social já aprovou o financiamento para a construção do Lar Residencial da CERCI de S. João da Madeira. A estrutura terá capacidade para acolher cerca 30 utentes, um investimento superior a um milhão de euros.

A faltar poucos dias para a escolha do nome que vai suceder a António Cunha na presidência da CERCI - Cooperativa para a Educação e Reabilitação de Cidadão de S. João da Madeira, é conhecida até ao momento apenas uma lista candidata ao cargo.
A eleição para escolher o novo dirigente da CERCI, que impede a continuidade do atual presidente por ter atingido já o “limite de mandatos”, será no próximo dia 19, terça-feira, e o período eleitoral decorrerá entre as 14 e as 19 horas, no Edifício Sede da instituição. A tomada de posse do novo responsável máximo da instituição deverá acontecer uma semana depois das eleições.
Sabe-se que a lista apresentada tem como candidato a presidente da instituição Paulo Correia da Silva, atualmente vogal no Conselho Fiscal da instituição desde 2018.
Relembre-se que António Cunha esteve 16 anos à frente da direção da Cooperativa, que completa este ano 43 anos de atividade. Questionado pelo ‘O Regional’ para traçar o balanço deste cargo que agora termina, o ainda presidente da cooperativa não se mostrou disponível para o fazer. “Esta semana não é oportuno. Falamos depois das eleições...”, disse.
Apesar de várias tentativas, também não nos foi possível recolher declarações de Paulo Correia da Silva, para conhecermos os motivos que o levam a candidatar-se ao cargo.

Ar­tigo dis­po­nível, em versão in­te­gral, na edição nº 3900 de O Re­gi­onal,
pu­bli­cada em 14 de julho de 2022

17 Recomendações
113 visualizações
bookmark icon