Sociedade

Já não existe o “muro de pólvora” junto à Sanjotec

• Favoritos: 164


O muro de “pólvora”, junto à Sanjotec, já não existe. Os troncos de madeira no terreno privado foram triturados esta semana. Autarquia continua a não falar do assunto.

Na última edição de ´O Regional’ dava conta do descontentamento de moradores relativamente a um “muro de pólvora” que se arrastava há meses, junto da SANJOTEC – Centro Empresarial e Tecnológico, na Rua dos Fundões, na Devesa-Velha, em S. João da Madeira, e que, em caso de incêndio, poderia colocar em causa habitações e até as viaturas ali estacionadas.
De passagem pelo local, apercebemo-nos que uma empresa procedia, desde terça-feira, à trituração dos troncos que se encontravam desde janeiro deste ano, no local. O terreno, de propriedade privada, depois do proprietário proceder à limpeza e desmatação do espaço, manteve os troncos que se encontravam completamente secos e que eram motivo de preocupação para quem ali reside, trabalha ou mesmo estaciona a viatura.
‘O Regional’ questionou, na altura, a autarquia e elementos da Proteção Civil, relativamente a este assunto, solicitando informação da legalidade do tempo permitido para a permanência da madeira seca no local, e o que estaria na origem da retirada dos troncos do local.
Apesar da nossa insistência, a resposta não chegou. Depois da publicação da notícia voltamos a questionar estas duas entidades relativamente ao assunto, mas a resposta voltou a não chegar.

164 Recomendações
269 visualizações
bookmark icon