Sociedade

Duas jovens desvendam os bastidores e o significado cultural do Samba

• Favoritos: 48


Elemento da GRES Batuque há sete anos, escola de samba sediada na Mealhada, Ana Ferreira, de 22 anos, prepara-se para desfilar em três dias consecutivos no Carnaval da Mealhada. “O que mais me marcou foi, sem dúvida, o primeiro desfile depois do covid, no ano passado, no Carnaval, retomar a alegria, a folia e a felicidade desta festividade”, revelou Ana.
Dançarina n’Os Pioneiros, escola de samba de Pindelo, Marta Almeida, de 26 anos, participará nos desfiles de Carnaval em Oliveira de Azeméis e Pindelo. A sambista destacou “a camaradagem e o espírito de família” que se fazem sentir nos ensaios e convívios da escola, tornando-se “como uma segunda casa” para ela.
Destacando os desafios e a exigência constante após a conquista de títulos e “depois de um ano em que te sagras campeão, há sempre que mostrar mais e dar a entender que a instituição está aqui para lutar e arrecadar mais prestígio e reconhecimento, na tentativa sempre de superar expectativas”. Em adição, a dançarina mencionou que desfilar com os elaborados figurinos “feito de arame, penas e fios, muitas vezes acaba por nos magoar e acaba por ser esse uma das maiores adversidades”, assim como para quem “não está habituado a desfilar de saltos”.
A importância da união e do esforço coletivo na escola de samba mostra-se evidenciada no trabalho que decorre nos bastidores. “Este ano vamos levar 50 passistas e agora que o Carnaval está perto, acabamos por ir fazendo aquilo que ainda se está por fazer, onde nos ajudamos umas às outras, não só na confeção dos fatos mas também na dinamização da coreografia, entre outras coisas. Ajuda-nos a criar laços entre nós”, acrescentou a sambista.
“Acho que o trabalho em equipa é essencial e claro que temos de nos apoiar uns aos outros para dar força e vontade, até porque irmos todos os dias para a sede fazer o fato é cansativo”, partilhou Marta Almeida, ressaltando a importância do apoio mútuo na criação dos elaborados trajes carnavalescos.

Poderá ter acesso à versão integral deste artigo na edição impressa n.º 3974, de 8 de fevereiro de 2024 ou no formato digital, subscrevendo a assinatura em https://oregional.pt/assinaturas/

 

48 Recomendações
90 visualizações
bookmark icon