Sociedade

Cidade já tem disponível uma agenda municipal da Saúde 

• Favoritos: 78


Iniciativa inserida no projeto Ser (São)joanense, desenvolvido pela autarquia no âmbito do Plano de Ação das Operações Integradas em Comunidades Desfavorecidas do Território de Intervenção da AMP Sul (PAOITI)

Sensivelmente um ano após ter recebido competências do setor da saúde transferidas pelo estado central, o Município de S. João da Madeira apresentou uma publicação que reúne informação sobre atividades diversas a realizar nessa área no concelho.
A primeira edição desta agenda – disponível em formato papel, mas também acessível online – refere-se ao primeiro semestre do corrente ano, elencando, por datas, ações de formação e de sensibilização focadas em temáticas ligadas à saúde.
“Faz todo o sentido que, para além de uma agenda de eventos e cultural, o Município disponibilize às pessoas um roteiro para os cuidados de saúde primários”, sustentou o presidente da câmara de S. João da Madeira.
Jorge Vultos Sequeira falava a ´O Regional. no final da apresentação pública desta Agenda Municipal da Saúde, sessão essa que teve lugar na sala de reuniões de Câmara, onde também esteve presente a vereadora Irene Guimarães, responsável por esta área na autarquia, bem como Paulo Diz, do conselho de administração da Unidade Local de Saúde.
O autarca sanjoanense especificou que a nova publicação faz referência, entre outras, a atividades ligadas a questões como a obesidade, o autismo, a promoção da atividade física, a hipertensão arterial, as doenças cardíacas, a doação do sangue e a temas de interesse para os cuidadores.
Sensivelmente um ano após ter recebido competências do setor da saúde transferidas pelo estado central, o Município de S. João da Madeira apresentou uma publicação que reúne informação sobre atividades diversas a realizar nessa área no concelho.
A primeira edição desta agenda – disponível em formato papel, mas também acessível online – refere-se ao primeiro semestre do corrente ano, elencando, por datas, ações de formação e de sensibilização focadas em temáticas ligadas à saúde.
“Faz todo o sentido que, para além de uma agenda de eventos e cultural, o Município disponibilize às pessoas um roteiro para os cuidados de saúde primários”, sustentou o presidente da câmara de S. João da Madeira.
Jorge Vultos Sequeira falava a ´O Regional. no final da apresentação pública desta Agenda Municipal da Saúde, sessão essa que teve lugar na sala de reuniões de Câmara, onde também esteve presente a vereadora Irene Guimarães, responsável por esta área na autarquia, bem como Paulo Diz, do conselho de administração da Unidade Local de Saúde.
O autarca sanjoanense especificou que a nova publicação faz referência, entre outras, a atividades ligadas a questões como a obesidade, o autismo, a promoção da atividade física, a hipertensão arterial, as doenças cardíacas, a doação do sangue e a temas de interesse para os cuidadores.

Promover estilos de vida mais saudáveis

A Agenda Municipal da Saúde é desenvolvida no âmbito do projeto SER (SÃO)joanense, que visa promover acesso à saúde e e estilos de vida cada vez mais saudáveis, através da realização de ações de sensibilização e formação, assim como de atividades desportivas, entre outras iniciativas como as que são divulgadas na publicação.
Inserido no Plano de Ação das Operações Integradas em Comunidades Desfavorecidas do Território de Intervenção da AMP Sul (PAOITI), este projeto municipal conta com financiamento do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), no valor de 33.760 euros.
De acordo com informação da Câmara, a edição impressa da Agenda Municipal da Saúde (que terá mais quatro números, além do que foi agora apresentado) poderá ser encontrada no gabinete de atendimento da autarquia, nas unidades de saúde e noutros espaços públicos da cidade, estando também acessível, em formato digital, no site do Município.
Recorde-se que, em 2023, a Câmara Municipal de S. João da Madeira assumiu competências no setor da saúde transferidas do estado, reforçando a sua intervenção nesta área e a colaboração com as entidades de saúde que intervêm na região.

Poderá ter acesso à versão integral deste artigo na edição impressa n.º 3979, de 14 de março de 2024 ou no formato digital, subscrevendo a assinatura em https://oregional.pt/assinaturas/

 

78 Recomendações
120 visualizações
bookmark icon