Sociedade

Casos de Covid-19 voltam a subir na cidade

• Favoritos: 11


A pandemia de covid-19 parece não querer dar sinais de abrandamento, também no município mais pequeno do país. De 25 de novembro e 1 de dezembro, registaram-se 83 novos casos da doença na cidade. Dos 26 doentes internados na unidade de Covid

Em S. João da Madeira, de acordo com os dados mais recentes divulgados pela Câmara Municipal, entre 25 de novembro e 1 de dezembro, registaram-se 83 novos casos no concelho, mas 10 do que nos sete dias anteriores. Essas oito dezenas de novas infeções da última semana do mês passado superaram as que se registaram em outubro (60), o que é revelador do crescimento que estes números têm registado também no nosso concelho.
“Efetivamente, nos últimos nove meses, novembro é aquele em que tivemos mais casos: 65 novos casos em setembro, 60 novos casos em outubro e escalamos para 188 novos casos em novembro. É, por isso, necessário compreender que a pandemia não terminou e que devemos tomar as melhores cautelas para proteger a nossa saúde, o funcionamento das nossas escolas e da nossa economia”, afirma o Presidente da Câmara, em declarações a O Regional.
“O Centro Municipal de Vacinação de S. João da Madeira nunca encerrou e tem sido feito um esforço impressionante pelo pessoal de Saúde e de Proteção Civil que ali trabalha. Apelo a todos que se vacinem, quer seja contra a gripe, quer seja na dose de reforço. O Estado e o Município disponibilizam as vacinas e a logística para que ninguém fique de fora deste processo”, acrescenta Jorge Vultos Sequeira.

Novas medidas
Devido à situação de calamidade instituída no país face ao recrudescimento dos números da pandemia, a apresentação de certificado de vacinação ou teste negativo à covid-19 passou a ser uma obrigatoriedade para o acesso a espetáculos e eventos realizados em espaços fechados. Por isso, quem pretender assistir a concertos ou outros momentos na Casa da Criatividade, por exemplo, terá que se munir previamente desses comprovativos.
Face ao contexto de incerteza vivido atualmente no que concerne à pandemia, varias atividades abertas ao público estão mesmo sujeitas a eventual cancelamento ou ajustamentos. É o que se passa em relação, nomeadamente, à animação de Natal preparada pelo Município em articulação com a Associação Comercial e Industrial de S. João da Madeira, com a autarquia a alertar que as iniciativas previstas podem sofrer alterações, as quais, a sucederem, serão comunicadas oportunamente.

Um sanjoanense nos UCI
O Hospital S. Sebastião tem 26 pessoas internadas com covid-19, das quais quatro encontram-se (dia 6) na Unidade de Cuidados Intensivos (UCI) e, segundo revelou a administração do equipamento de Santa Maria da Feira, um é residente em S. João da Madeira, encontrando-se na UCI.
Estes números foram avançados a ‘O Regional’ pelo Centro Hospitalar do Entre Douro e Vouga (CHEDV), que tutela também os hospitais de S. João da Madeira e Oliveira de Azeméis, servindo uma população aproximada de 350 000 utentes, dispersos por vários municípios sob alçada das administrações regionais de saúde do Norte e do Centro.
Fonte próxima do Centro Hospitalar alerta que perante os números diários de infeções da doença, é necessário voltar a refletir “quanto à atitude cívica a tomar nesta altura”, alertando para as orientações de confinamento e de respeito pelas regras básicas do uso de máscara, distanciamento social e higienização de mãos e vacinação. “Se todos cumprirem, os riscos diminuem drasticamente e conseguiremos evitar infeções e poupar mortes evitáveis”, enfatiza.
Em Portugal, desde março de 2020, morreram 18.551 pessoas e foram contabilizados 1.169.003 casos de infeção, segundo dados da Direção-Geral da Saúde

Novos casos por mês em S. João da Madeira no último ano
Dezembro 2020 – 343
Janeiro 2021 – 691
Fevereiro 2021 – 192
Março 2021 – 9
Abril 2021 – 14
Maio 2021 – 19
Junho 2021 – 22
Julho 2021 – 85
Agosto 2021 – 155
Setembro 2021 – 65
Outubro 2021 – 60
Novembro 2021 - 188

 

11 Recomendações
35 visualizações
bookmark icon