Sociedade

70 mil euros doados em bens essenciais o ano passado

• Favoritos: 15


A Mercadona doa diariamente bens essenciais à Santa Casa da Misericórdia de S. João da Madeira para dar resposta aos desafios sociais que a instituição enfrenta. Só o ano passado foram doados mais de 70 mi euros em bens alimentares.

A rede de supermercados espanhola Mercadona doa diariamente bens essenciais à Santa Casa da Misericórdia de S. João da Madeira que está a assinalar 100 anos de existência.
“Um dos compromissos que a Mercadona mantém é partilhar com a cidade parte do que dela recebemos, porque a prosperidade partilhada é o propósito do seu modelo de empresa”, refere, Ana Carreto.
A Diretora Regional de Relações Externas Centro de Portugal e Associações de Consumidores da rede se supermercados destacou ainda o trabalho desenvolvido pela Misericórdia junto da população sanjoanense. “Todas as manhãs de segunda a sexta-feira”, a Misericórdia desloca-se à Mercadona “para recolher várias caixas de doações compostas por bens essenciais, alimentares e não alimentares, que se encontram em ótimas condições para consumo,” uma vez que “aquilo que não se vende também não pode ser doado”, enfatiza. Destas doações fazem parte, por exemplo, fruta, legumes, carne, peixe, lácteos e charcutaria.
Ana Carreto destacou também a “grande dedicação” dos funcionários da loja de S. João da Madeira nesta parceria. “É na verdade um trabalho de equipa. Só assim é que é possível. Desta forma cada trabalhador percebe que também está a ajudar a comunidade onde está inserida. Esta também é a cultura da empresa”, rematou.
Por sua vez, o Provedor da Santa Casa da Misericordia, realçou que esta parceria “é um daqueles eventos virtuosos que parecem manifestações da Providência”. José António Pais Vieira recorda que a parceria arrancou em abril de 2020, um mês após a declaração pandémica em Portugal. “Foi um período que fez sofrer muitas famílias, pela perda de empregos e de rendimentos, circunstância que se traduziu no assoberbamento de pedidos de ajuda ao Centro Comunitário da Misericórdia, por pessoas até aí capazes do autossustento”.
Neste contexto, a parceria com a Mercadona acabou mesmo por ser “uma das respostas de socorro” ao problema social. O provedor lembra que em 2020 foram distribuídos mais de 70 mil euros de produtos alimentares a famílias sanjoanenses carenciadas, valor em vias de repetição em 2021”, rematou

De salientar que o ano passado, entre janeiro e outubro, a rede de supermercados doou 1.050 toneladas de alimentos e produtos de primeira necessidade a cantinas sociais, bancos alimentares e outras entidades sociais de Portugal, que correspondem a 17.500 carrinhos de compra. Deste total, 250 toneladas, destinaram-se a entidades sociais do distrito de Aveiro.

15 Recomendações
32 visualizações
bookmark icon