Segunda parte com nota artística carimbou goleada

Segunda parte com nota artística carimbou goleada

Sanjoanense, 7 – Famalicense, 2

Pavilhão dos Desportos da ADS, em São João da Madeira
Árbitros: José Pinto (AP Porto) e Rui Leitão (AP Minho)

Sanjoanense: Tiago Rodrigues, Pedro Cerqueira, Xavier Cardoso, Alex Mount e Afonso Santos
Suplentes: Marco Lopes (C), Pedro Rego, João Cruz, Alexandre Barreira e José Almeida
Treinador: Vítor Pereira

Famalicense: Miguel Freitas, Manuel Pinheiro, Chumbinho (C), Celso Silva e Folhetas
Suplentes: Joka, Tiago Azevedo, Luís Filipe e Ivo Nogueira
Treinador: Luís Filipe

Golos: Folhetas (8’), Pedro Cerqueira (17’ e 46’), José Almeida (30’), Xavier Cardoso (31’), Alex Mount (33’ e 38’), Luís Filipe (36’) e Afonso Santos (47’)
Azuis: Manuel Pinheiro (32’) e Pedro Cerqueira (47’)
Faltas: 10-9
Dois jogos, duas vitórias, 14 golos marcados e seis sofridos. Este é o pecúlio da Sanjoanense de Vítor Pereira, desde que o treinador regressou ao comando dos alvinegros que, desta feita, despacharam o Famalicense por 7-2. No entanto, a goleada só foi conseguida na segunda parte, embora na primeira o líder da II Divisão Nacional – Zona Norte – também tenha dominado. Foi por falta de eficácia que a Sanjoanense não se colocou a vencer mais cedo, esbarrando na inspiração do guarda-redes Miguel Freitas, na falta de pontaria ou, até, nos ferros. Como quem não marca sofre, Folhetas, contra a corrente da partida, abriu o ativo aos oito minutos. A Sanjoanense só empatou aos 17’, por Pedro Cerqueira, na recarga de uma grande penalidade falhada pelo mesmo. Depois veio, então, a fase do acerto. A palestra ao intervalo fez bem à formação da capital do calçado que, no espaço de um minuto, consumou a reviravolta por José Almeida e Xavier Cardoso e ainda ampliou por Alex Mount. O 4-1 dava conforto à Sanjoanense e justiça no marcador, mas Luís Filipe, também na recarga de um penálti, reduziu.
Todavia, os minhotos estavam fisicamente presos a arames e a Sanjoanense fazia o que queria da partida. Prova disso é que Alex Mount, Pedro Cerqueira e Afonso Santos marcaram mais três golos e fixaram o resultado final em 7-2. Na classificação continua tudo na mesma com a Sanjoanense a liderar com dois pontos de vantagem face ao HA Cambra.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

  Subscribe  
Notify of