Sanjoanense goleou Penalva do Castelo

Sanjoanense goleou Penalva do Castelo

Sanjoanense, 5  – Penalva Castelo, 0

Estádio Conde Dias Garcia
Árbitro: Gonçalo Martins (AF Vila Real)

ADS: Fábio Santos, Cauê, Ken, Ruben, Gazela (Bilu 72’), Syzsy (C), Coulibaly (Rafa 60’), Matheus, Kay Kay, Caleb (Ká Semedo 55’) e Florentino
Treinador: Flávio das Neves

Penalva do Castelo: Bastos, Miguel, Simão, Abou, Ésio (Tiago 77’), Papi, Nuno (Nelson 71’), Sandiu, Rafinha (Batista 64’), Mário Wilson e Luís Pedro
Treinador: Filipe Amaral
A Sanjoanense recebeu e venceu, de forma clara, o Penalva do Castelo (5-0), num jogo que marcou o regresso aos triunfos da formação alvinegra.
O encontro foi de sentido único, mas, curiosamente, foi dos visitantes a primeira oportunidade de golo. Rafael Santos, após cruzamento desde o lado direito do ataque, atirou ao lado.
A resposta dos comandados de Flávio das Neves não se fez esperar e trouxe consigo o golo inaugural. Gazela, com um cruzamento traiçoeiro, enganou Carlos Bastos, que introduziu a bola na própria baliza.
Em dia de aniversário, o extremo parecia inspirado e, logo de seguida, aumentou a contagem, na sequência de um bom trabalho sobre um adversário e de um remate bem colocado, de pé direito.
Pouco depois da meia-hora, os presentes no Conde Dias Garcia assistiram a algo pouco comum. Gonçalo Martins, árbitro da partida, foi obrigado a sair do terreno de jogo, por lesão, tendo como substituto Augusto Costa, antigo árbitro que se encontrava na bancada e que desempenhou a função de assistente durante o resto do encontro.
Nada que afectasse o desenrolar do jogo, já que, logo no reatar, a Sanjoanense voltou a festejar. Kay Kay aproveitou da melhor forma uma bola teleguiada do guarda-redes Fábio e deu margem confortável aos alvinegros.
A tendência manteve-se na segunda parte. A Sanjoanense dominou, criou oportunidades e fixou um resultado expressivo. Mas, antes, novo destaque para Fábio, que travou um penáltie apontado por Ézio Pinto. Na resposta imediata, Caleb foi travado, também dentro da área, e colocou o seu nome na lista de marcadores, na cobrança do castigo máximo consequente.
Alguns minutos depois, Matheus Roldan fechou a contagem, com um cabeceamento certeiro, sem hipótese de defesa para Carlos Bastos.
Com o triunfo, a Sanjoanense divide o 3.º lugar da Série B do Campeonato de Portugal com o Lusitano Vildemoinhos e está a apenas três pontos do segundo classificado, o Lusitânia de Lourosa.
Na próxima jornada, os alvinegros deslocam-se a Coimbrões. O jogo será à porta fechada devido ao castigo aplicado pela Federação Portuguesa de Futebol à formação do distrito do Porto.

António Santos

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

  Subscribe  
Notify of