Sanjoanense e Espinho empatam no dérbi Aveirense

Sanjoanense e Espinho empatam no dérbi Aveirense

Sanjoanense, 0 – Espinho, 0

Estádio Conde Dias Garcia
Arbitro: João Mendes (AF Santarém)

ADS: Fábio Santos, Almeida, Vitor Bastos, Ruben, Ken (Coulibaly 45’), Syszi, Terrence (Bilu 76’), Gazela, Rafa (Cauê 53’), Matheus e Caleb
Acção disciplinar: Rordan (65’) Cauê (85’) Caleb (90’)

Sp. Espinho: Vitor Braga, João Ricardo, João Pinto, Gil Dias, Vitinha, André Luis (Zé Nando), Edgar Abreu, Wilson (Ivan Santos), Paulinho, Jaime Poulson e Gustavo (Carlitos).’

Sanjoanense entrou a jogar num 5x3x2 e o Espinho em 4x3x3. O jogo estava rodeado de grande expectativa para se saber quem poderia ficar com os três pontos no dérbi aveirense.
Logo nos primeiros dois minutos de jogo, o Espinho, atrevido, criou perigo, com Paulinho a chegar tarde a uma bola metida em profundidade. Com um futebol apoiado, à formação vareira pertenceram as primeiras oportunidades e saíram dos pés de Poulson, primeiro, num remate em zona frontal, que saiu ao lado e, depois, num pontapé bem colocado desde fora da área, que acertou na trave da baliza alvinegra.
Na resposta, Vítor Bastos, de cabeça, quase marcava e, depois, Caleb surgiu isolado, introduzindo a bola na baliza, mas o lance acabou invalidado por alegado fora-de-jogo.
O jogo era intenso mas não houve quem conseguisse visar a baliza contrária com êxito e, no final do primeiro tempo, o nulo imperava.
Na segunda parte, o treinador Nuno Costa fez entrar Cauê e, com as equipas da Sanjoanense e Espinho encaixadas, os alvinegros davam um “ar da sua graça”, melhorando um pouco na acção ofensiva, sendo mais atrevida, como lhe competia, a jogar em casa.
O tempo ia passando até que os forasteiros voltaram a criar perigo, com a bola em cima da linha de golo perante a acção do guarda-redes Fábio Santos, em que por sorte a bola não entrou. A toada era a mesma e notava-se que as formações, na procura de pontuar, o empate talvez fosse um mal menor.
Com as alterações nas equipas em termos das substituições, a luta foi constante, mas sem oportunidades de parte a parte para desfazerem o nulo, que imperou até ao final da partida.
Na próxima semana, a Sanjoanense visita Amarante, casa do 7.º classificado da Série B do Campeonato de Portugal.

António Santos

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

  Subscribe  
Notify of