Região

História da Mina do Pintor em Exposição Fotográfica

• Favoritos: 17 • Comentários: 1


Esteve patente de 20 a 23 de maio uma exposição fotográfica sobre a história da Mina do Pintor no salão paroquial de Nogueira do Cravo.
Esta exposição teve como autor António Augusto Mota que focou o tema: O PASSADO, O PRESENTE E O FUTURO da MINA DO PINTOR. A exposição com fotos do autor e do Sr. Carlos Costa, alguns documentos e artefactos, teve o objetivo de chamar a atenção para o processo de recuperação e musealização deste espaço, que urge realizar para estimular o turismo da região.
A Mina do Pintor quer seja pela sua monumentalidade, com 5 chaminés construídas em pedra sendo uma, a mais alta Chaminé construída na península, ou o que representou no passado, como a maior empresa empregadora do conselho de Oliveira de Azeméis, deverá no presente e no futuro simbolizar a riqueza do património de Nogueira do Cravo, de Oliveira de Azeméis e da região, que deu emprego a muita gente e deve ser um orgulho para todos.
No início foi feita pelo Dr. Ricardo Freitas a apresentação do autor e da exposição, referindo que não é somente uma exposição fotográfica, mas também monográfica, porque o autor vai além da fotografia e apresenta-nos, de forma quase inédita, algumas particularidades acerca da Mina do Pintor em termos documentais e materiais.
Estiveram presentes: da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis vereadora Inês Lamego, presidente da Junta de Freguesia Gaspar Almeida, representantes de algumas associações nogueirenses, muitos amigos e familiares.

Agrupamento de Escuteiros de Nogueira do Cravo

A exposição teve muitas visitas, alem do Agrupamento dos Escuteiros de Nogueira do Cravo, de Professores e alunos da Universidade Sénior do Rotary de S. João da Madeira, de pessoas ligadas à história do conselho e que se inteiraram da realidade do espaço envolvente da Mina do Pintor.
Um grupo de professores, alunos e amigos da Universidade Sénior realizou, no dia 23 de maio, uma visita à Exposição de Fotografia “Mina do Pintor”, que se encontrava patente no salão Paroquial de Nogueira do Cravo. O grupo foi afetuosamente recebido pelo amigo António Mota, autor da exposição, e por sua esposa, que enquadraram as fotos e alguns artefactos numa explicação que englobou muitos dos aspetos do funcionamento da mina. Como a nossa diretora Susana Silva nasceu e passou boa parte da infância no complexo da mina, de que o seu pai, Eng. Teixeira Pinto, foi diretor durante alguns anos, essa visita representou para ela e para todos nós uma possibilidade de rever e reviver gratas memórias de um tempo muito diferente do atual. No final, ficou a esperança de que o espaço do couto mineiro e algum equipamento, nomeadamente as chaminés, possam ser alvo de um processo de recuperação e musealização, como é desejo do amigo António Mota, defensor incansável de uma solução digna para aquele espaço.
Esperamos que esta visita possa, um dia, ser complementada com uma aproximação segura ao espaço físico da mina, para compreendermos melhor a epopeia de todos os que ali trabalharam e dela fizeram uma fonte de sustento de muitas famílias da região.

 

17 Recomendações
comments icon1 comentário
1 favoritos
133 visualizações
bookmark icon

Uma opinião acerca “História da Mina do Pintor em Exposição Fotográfica

    Desculpe, os comentários estão fechados.