Região

Ditaduras, migrações, colonização e igualdade de género no festival Imaginarius

• Favoritos: 29


De 23 a 26 de maio, o Imaginarius – Festival Internacional de Teatro de Rua regressa às ruas e praças de Santa Maria da Feira num recinto mais alargado, composto por 15 palcos, por onde vão passar 190 artistas de 12 países, que vão protagonizar 41 espetáculos num total de 144 apresentações ao longo dos quatro dias.
Fiel aos grandes formatos e ao clássico teatro de rua, clown, circo e performance, o festival reforça a oferta de programação no domínio das media arts, projetos experimentais, dança, música, circo contemporâneo e instalações.
No ano em que Portugal celebra 50 anos de Democracia, o festival não poderia “apropriar-se” de outro tema que não fosse a Liberdade.
Liberdade individual e coletiva, artística e criativa, cultural, religiosa e política, de pensamento e expressão, de movimento e circulação, de identidade e género.
Esta é, por isso, uma edição marcante, com uma programação robusta que toca temas atuais e pertinentes como as ditaduras, as migrações, a colonização, a igualdade de género e as relações humanas, dedicando ainda particular atenção à programação para famílias e apoio aos artistas locais.
Ousado, provocatório e transformador, o festival Imaginarius soma mais de duas décadas de experiência na promoção das Artes de Rua em Portugal, mantendo lugar cativo no circuito de festivais internacionais congéneres.

 

29 Recomendações
63 visualizações
bookmark icon