Política

Montenegro veio à terra de Pedro Nuno anunciar uma “forte” aposta na cultura

• Favoritos: 16


No sexto dia oficial de campanha eleitoral, Luís Montenegro visitou a cidade do adversário socialista Pedro Nuno Santos, e desvalorizou o facto de estar na terra do rival, a quem desejou “a melhor campanha possível com espírito democrático”.

Numa passagem rápida de Luís Montenegro pela terra natal do principal rival Pedro Nuno Santos (PS), na última sexta-feira, dia um, a forte chuva que caía impediu o líder da Aliança Democrata (AD) de circular pelas ruas da cidade e de trocar palavras com os sanjoanenses, como o fez, nessa tarde, em Oliveira de Azeméis.
Numa corrida com um passo cada vez mais apressado para as eleições do próximo dia 10, o encontro na cidade do calçado deu-se na Oliva Creative Factory, onde Montenegro conheceu este espaço cultural e artístico. “O nosso programa aposta fortemente na cultura. Nós propomos, no próximo quadriénio, aumentar em 50% a despesa que o estado faz anualmente na área da cultura”. Montenegro deixou ainda a garantia que, se for eleito pelos portugueses, irá “introduzir e dinamizar no primeiro ciclo de ensino o estímulo às várias artes”, desde o teatro às artes plásticas, pois, no seu ponto de vista, esta sensibilização “deve começar na escola, deve ser estimulado na escola” do 1º ciclo. É seu objetivo, já no primeiro ano de mandato, é “aprovar uma nova lei do mecenato que possa verdadeiramente dar promotores culturais, aos agentes culturais, aos artistas condições para terem um financiamento mais robusto para manter viva essa chama”, assegurou o líder dos sociais-democratas.

Poderá ter acesso à versão integral deste artigo na edição impressa n.º 3978, de 7 de março de 2024 ou no formato digital, subscrevendo a assinatura em https://oregional.pt/assinaturas/
16 Recomendações
98 visualizações
bookmark icon