Poderá o cannabis medicinal ter ação contra o Coronavírus?

Poderá o cannabis medicinal ter ação contra o Coronavírus?

Vários cientistas internacionais encontram-se, neste momento, à espera das licenças que permitam compreender se a característica anti-inflamatória do CBD pode ter impacto no alívio dos sintomas do Covid-19. Descubra tudo sobre estas pesquisas.


Portugal está a viver, tal como grande parte da Europa e do Mundo, um momento complexo da sua história. Fechados em casa, devido ao surto de Covid-19, estes aguardam por uma solução que permita o tratamento dos atuais infectados e torne novamente segura a frequência das ruas e espaços públicos.
Atualmente, no país, o cenário é marcado pelo fecho de várias empresas e a maioria dos trabalhadores encontra-se em regime de home office. As normas governamentais, com a aplicação do estado de emergência, decretam que, por questões de consciência social, é fundamental que se promova o isolamento social.
Globalmente, os cientistas estão focados na busca por soluções, procurando uma vacina que possa resolver o problema ou terapias que ajudem a amenizar os sintomas. Evidentemente, os métodos científicos respondem a lógicas muito estritas, com padrões elevados e rigoroso, que tornam este processo moroso e muito dispendioso. Assim, não foi ainda encontrada uma solução efetiva contra o Coronavírus.
Sem vacina ou cura real, os médicos têm aproveitado as ferramentas disponíveis e aplicado medicação para outras doenças (como o HIV, a Malária e Lúpus) aos pacientes infetados com Covid-19. Embora alguns medicamentos tenham oferecido resultados promissores, estes são também inconsistentes, reagindo de formas diversas em pessoas distintas.
A cannabis medicinal é uma das alternativas que, agora, se coloca em equação, não para o tratamento da doença mas para o alívio dos seus sintomas.
Venha conhecer as teorias sobre os usos da cannabis medicinal no alívio dos sintomas do Covid-19.

Canibidiol: terá efeitos contra o Coronavírus?

Tal como referiu o especialista Mohan Cooray, não existe ainda forma de saber se o cannabis medicinal terá ou não efeitos positivos para amenizar os sintomas do Covid-19, já que esta teoria carece de testes científicos, para os quais será necessária uma licença legal.
Ainda assim, o oleo de canabidiol conta com vários usos comprovados clinicamente, sendo que as suas caraterísticas anti-inflamatórias são positivas no alívio dos sintomas de várias doenças.
O desejo atual é para que se realizem estudos clínicos sobre a forma como o CBD pode melhorar os sintomas do Covid-19.

Cannabis medicinal e seu usos clínicos

Em vários problemas de saúde e doenças o uso de canabidiol é já frequente, tendo sido atestada a sua ação no alívio de sintomas diversos.
Pessoas que sofrem de ansiedade, depressão, enxaquecas ou de insónias recorrem ao cannabis medicinal com frequência para melhorar estes quadros clínicos.
Também situações mais severas, como a epilepsia, o autismo, a esclerose múltipla, a fibromialgia ou as doenças neurodegenerativas encontram vantagens na introdução deste produto natural nos seus tratamentos.
Não se sabe ainda se efetivamente este produto orgânico pode ajudar no tratamento dos sintomas das pessoas infetadas com Covid-19. Ainda assim, o simples relembrar desta possibilidade fez escalar as vendas do cannabis medicinal um pouco por todo o mundo.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.