Opinião

Ter esperança diminui a tristeza!...

• Favoritos: 17


Um dia um veraneante, ao caminhar pela praia, viu um pequenito com uma cara de amargura ao deparar com as estrelas do mar que tinham sido arrastadas pelas ondas e que na maré vaza tinham ficado nas areias escaldantes daquele dia de sol tão quente e de temperaturas extremamente elevadas.
Reparou, que ele carinhosamente estava a pegar numa delas.
Então aproxima-se e pergunta-lhe:
- Que estás a fazer?...
- Estou a salvar estas estrelinhas que talvez possam morrer nesta areia tão quente!...
-Tu não vais ser capaz, pois ainda és muito pequeno para o fazer!...
Então o pequenito atira aquela que tinha na mão ao mar e muito contente exclama:
- Que bom, já salvei uma e sei que ainda espero salvar muitas mais!...
Então o veraneante, sensibilizado com a defesa do meio ambiente, junta-se a ele nessa meritória tarefa de cuidar da natureza. O pequenito radiante e com o coração aos pulos sorri –lhe, dizendo:
- Ó senhor, que bom ter-me encontrado!...
- Ai como as estrelinhas do mar vão ficar contentes!...
-Vão ficar como nós, irradiando alegria!...
Este senhor ao regressar a casa vê o seu filho a chegar da escola a chorar, porque um colega seu se tinha pegado com ele e o tinha insultado, sendo seu amigo.
- Ó pai, só queria que ele morresse ou fosse atropelado!...
- Filho, isso não se deseja a ninguém!...
Olha, anda comigo e vais fazer um jogo para te pores mais alegre!
A tua mãe tem no quintal uma roupa a secar num arame e tem ali carvão que ela tira da lareira para assar sardinhas. Vais tentar acertar com cada bocado de carvão na roupa.
O filho, ainda nervoso, ia descarregar a ira para com o colega, sujando a roupa, mas infelizmente sem sucesso, porque a roupa estava alta para secar melhor e a sua fraca pontaria não acertava uma. Novamente a chorar, e ao limpar as lágrimas suja a roupa que trazia vestida e todo ele ficou uma lástima. O pai manda-o mirar-se no espelho.
- Olha o que a tua vingança, a tua ira te fez sofrer!.. Para esqueceres a ofensa do teu colega e ficares contente, oferece-lhe do teu lanche, continua a falar com ele, põe-lhe o teu braço no ombro e vais ficar novamente amigo, pois o bem atrai o bem e dá alegria.
Não percas a esperança, perdoa.

17 Recomendações
23 visualizações
bookmark icon