Opinião

1 de Abril...

• Favoritos: 11


Uau! Finalmente vou atuar ao vivo com a minha guitarra! Já não era sem tempo... Só falta escolher o local e as datas!
Ao longo deste ano iremos ter por cá um festival de jazz com os melhores pianistas do globo, tal como Keith Jarrett. Pena é que Chick Corea já nos tenha deixado, mas ainda temos muitos outros que podem ser convidados para vir ao nosso festival do refugo de jazz...
No ténis, iremos ter um atleta da final de um qualquer Grand Slam. Nos próximos jogos olímpicos iremos ter de novo um atleta sanjoanense. No chinquilho vai ser difícil... dá-me a ideia que é um jogo em vias de extinção. Mesmo nos matraquilhos penso que estão a levar o mesmo caminho. E eu que pensava que a extinção era só no reino animal! Afinal, conseguimos extinguir montes de coisas.
Esta brincadeira começou em França à mais de quatrocentos anos. Teve a haver com a mudança de calendários. Não estão à espera que vos diga tudo, se tiverem curiosos de certeza que irão pesquisar! Bem, este meu 1 de abril, para além de brincar com a ideia, todos temos consciência de que todos os dias somos enganados e acreditem que da forma que somos gozados não tem nada de brincadeira. Quando nos aumentam os impostos e aumentam os preços de tudo que está à nossa volta, isto é muito sério.

Contributo para a não extinção!

Isto é também um apelo para que o pessoal mantenha a capacidade de rir. Porque se levarmos tudo a sério corremos sérios riscos de ficarmos à porta de ter problemas mentais. Ao longo do ano vão acontecendo várias datas, quase todas festivas, por vezes apelamos a que esta ou aquela podia muito bem festejar-se todos os dias. Não é o que se diz do Natal?! O natal é quando o homem quer?! Foi com este espírito... Porque não o primeiro de abril!!!
Bem, à laia de última hora, um amigo perguntou-me, e sem nada saber sobre o que estava a escrever, perguntou-me se os Globetrotters viriam ao centenário da A.D.S.... E esta, heim?! É capaz de caber no primeiro de abril.
Na música, sugiro Jane Birkin, cantora francesa dos anos sessenta do século passado que faleceu alguns dias atrás. Bem, e porque não revisitar os cantores franceses dessa época, tais como: Sylvie Vartan, Charles Aznavon, Johnny Hallyday, Jacques Brel, Françoise Hardy... Entre muitos outros, que na época nos ajudavam na aprendizagem da língua francesa.
Nos livros, “Infância”, de Nathalie Sarraute.
Cuidado, um de abril é só uma vez por ano!
Já agora, protejam-se do sol !!!

11 Recomendações
33 visualizações
bookmark icon