Novas passadeiras “inteligentes” e passadeiras elevadas na cidade

Novas passadeiras “inteligentes” e passadeiras elevadas na cidade

Empreitadas promovidas pela Câmara Municipal de S. João da Madeira

Estão em processo de instalação mais dois conjuntos de passadeiras “inteligentes” em S. João da Madeira, dando continuidade à empreitada “Cidade Inclusiva”, lançada pela Câmara Municipal.
Estes trabalhos decorrem na Avenida da Liberdade, junto ao edifício da autarquia e no troço a nascente da rotunda da zona da Ponte, respetivamente. Outras travessias para peões semelhantes estão já em funcionamento na Avenida Dr. Renato Araújo, no troço a sul da rotunda do Hospital, bem como nas proximidades do edifício do Instituto de Línguas, na Rua João de Deus.
Estas passadeiras “inteligentes” vêm melhorar a segurança dos peões em zonas de S. João da Madeira identificadas como prioritárias para a colocação destes equipamentos que permitem a sinalização luminosa aos automobilistas, quando se verifica a aproximação de transeuntes.
Para além desses trabalhos, a empreitada “Cidade Inclusiva” passa também pela intervenção em mais de 50 atravessamentos para peões em diferentes zonas da cidade, contemplando, nomeadamente, a instalação de passeios com piso tátil para invisuais, reforço da sinalização, colocação de “luzes intermitentes” e rebaixamento de passeios.
As obras incluíram ainda o reperfilamento da Rua João de Deus, na zona do entroncamento desta via com a Rua Visconde, uma beneficiação que era há muito almejada pelos sanjoanenses e que veio facilitar o atravessamento da cidade no sentido nascente-poente.
Entretanto, foi já concluída uma outra empreitada na área da mobilidade, que consistiu na construção de passadeiras elevadas na Rua Manuel Luís Leite Júnior. Estas estruturas vêm aumentar a segurança do atravessamento de peões nessa zona do concelho, também identificada como prioritária ao nível deste tipo de intervenções.

Passadeira elevada Rua Manuel Luís Leite Júnior

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.