Negócios

MaxFinance chegou a S. João da Madeira

• Favoritos: 23


Desde crédito habitação, pessoal e automóvel até leasing, seguros e certificação energética, os especialistas SANJO da MaxFinance, Bruno Santos e José Manuel Santos, já estão à disposição da comunidade, num espaço inaugurado no passado dia 23 de maio, na Rua do Barroco, 23, em frente ao Pavilhão da ADS.
Com mais de 30 anos de experiência enquanto bancário, José Manuel Santos, assim como o ex-contabilista, Bruno Santos, abraçaram a intermediação de crédito para poderem apoiar os seus clientes numa área que, diga-se de passagem, pode ser bastante complexa. Devidamente registados enquanto intermediários de crédito, estes profissionais garantem que todo o processo de mediação entre o cliente e o banco é feito sem percalços de maior. “Tive muitos colegas na banca que não queriam tratar de crédito à habitação; existem trâmites complexos”, apontou o ex-bancário, em entrevista ao jornal ’O Regional’. “Para se fazer intermediação de crédito é necessário estar registado no Banco de Portugal e ter habilitações próprias para o efeito”, acrescentou.
Sendo a MaxFinance uma referência nacional no setor da intermediação de crédito, as exigências são muitas para quem decide juntar-se a este grupo de franchising. “Antes de abrirmos, passamos por uma avaliação. Querem conhecer as pessoas para saber, entre outros critérios, se elas inspiram confiança para abrir uma loja”, contextualizou José Manuel Santos, agora gestor de processos da empresa. “A direção da MaxFinance é muito rigorosa e querem preservar, ao máximo, a imagem e profissionalismo da marca”, assegurou.

Mas, afinal, o que faz um intermediário de crédito? O gestor de processos lançou um desafio simples para explicar o que faz um profissional de intermediação. “Para pessoas que não querem recorrer a um intermediário de crédito porque querem tratar de tudo diretamente… Bem, primeiro de tudo, aconselho a tirar dois dias de férias, no mínimo, para consultar os bancos”, afirmou. A MaxFinance SANJO tem parcerias com 10 bancos a atuar no sistema bancário português, pelo que, “connosco, poupam tempo e esforço, pois lidamos com todo o processo em nome do cliente”, declarou.
Devido às parcerias que os especialistas SANJO têm sob a alçada da MaxFinance, existe “um forte poder de negociação” e acesso a condições “especiais”. Isto permite apresentar as melhores soluções para o cliente, sem esquecer o aconselhamento especializado que tanto Bruno e José Santos facultam. Afinal, um processo de crédito envolve uma complexa documentação.
A nível de crédito habitação, um dos serviços mais procurados, os especialistas SANJO tratam de créditos novos ou de transferências.
Além do concelho sanjoanense, Bruno Santos e José Manuel Santos trabalham vários processos nos concelhos vizinhos. “É uma forma de divulgar São João da Madeira porque, normalmente, os clientes vêm cá. Passamos para fora a imagem do nosso concelho”. Com o objetivo de crescer cada vez mais, uma das metas que estes profissionais almejam alcançar passa por constituir uma equipa maior. “Assim, alargamos o nosso raio de ação para chegarmos a mais pessoas”, explicou, revelando que já têm feedback de clientes satisfeitos que, por sua vez, recomendam os seus serviços.
Algo que muitos clientes desconhecem é que, ao consultar um intermediário de crédito, não há um custo acrescido desta ação para o cliente. Bruno Santos e José Manuel Santos garantiram que, em primeiro lugar, está aquilo que consideram a melhor proposta para o seu cliente. No mínimo, consultam cinco bancos antes de apresentarem as propostas mais vantajosas. “Um pormenor importante: quando apresentamos as propostas, a decisão é, sempre, do cliente. Interpretamos a linguagem técnica presente nestes processos para facilitar a compreensão de quem nos procura. Por isso é que cá estamos”, concluiu José Manuel Santos, com um sorriso.

Ao contrário do horário dos bancos, os especialistas SANJO têm um horário muito mais alargado, “o horário da MaxFinance SANJO é o horário do cliente; tentaremos sempre reunir segundo a disponibilidade do mesmo, bastando agendar o dia e hora que melhor lhe convém”. “Estamos a falar de uma área sensível. Garantimos sigilo. O cliente ao entrar aqui terá toda a privacidade”, descreveu.
Desde acompanhar o processo inicial até á escritura, há uma comunicação permanente com o cliente, tratando do processo de crédito do início ao fim, pautando-se por um atendimento personalizado. “Com estas vantagens todas, só não recorre a um intermediário de crédito quem o desconhecer”, considerou o gestor de processos, enfatizando a eficiência dos processos nas mãos de quem domina esta vertente. “A MaxFinance tem um peso significativo junto da banca e nós, sob a alçada da marca, temos vantagens que colocamos ao serviço do nosso cliente”, realçou, confiante.
Enquanto diretor de agência e gestor de processos, Bruno Santos e José Manuel Santos, respetivamente, prometem ajudar a comunidade sanjoanense e além-fronteiras na intermediação de qualquer crédito num espaço confortável que, aquando da sua criação, foi projetado para atender as necessidades dos seus clientes; nomeadamente, a questão da privacidade. “Guiamo-nos pelo sigilo, rigor e transparência. Sempre do lado do cliente, e nunca do lado do banco”, asseguram.

N.º de Registo Banco de Portugal: 0007632
23 Recomendações
190 visualizações
bookmark icon