Melhor o resultado do que a exibição

Melhor o resultado do que a exibição

Carregosense, 2 – Macieirense, 2

Campo Dr. Teixeira da Silva em Carregosa
Árbitro: Xavier Gomes auxiliado por Humberto Pereira e Bruno Melo

Carregosense: Zé Nino, Marco, Fabry, Napoleão (Pipa 74’), Rosas, Brandão, Rogerinho (Nelson Diogo 81’), António (Ratinho 85’), Fredy, Sousa e Dennis
Treinador: Carlos Manuel

Macieirense: Resende, Rosas (Huguito 45’), Xavi, Mendes, Gustavo, Lima (Talhas, 45’), Marcelo, Abel, Vilar, Roma e Jota (Cris 71’)
Treinador: Borges

Disciplina: cartão amarelo para Abel (26’), Vilar (32’), Rosas (36’), Xavi (58’), Napoleão (65’), Brandão (67’), Talhas (78’), Zé Nino (78’), Gustavo (84’) e Nelson Diogo (90’)
Marcadores: Sousa (35’, g.p.), Dennis (66’), Talhas (69’) e Vilar (90+3’)
No último jogo do ano para o campeonato, o Macieirense empatou no reduto do vizinho Carregosense, com um golo já para além do minuto 90.
Ao contrário do que tinha acontecido nos últimos encontros, a equipa de Macieira de Sarnes entrou muito mal no desafio e demonstrou uma enorme dificuldade em ter a bola.
Aos sete minutos, Dennis, na área, atirou cruzado para uma boa defesa de Resende e este lance foi um bom exemplo das debilidades defensivas reveladas pelos visitantes ao longo de quase todo o encontro.
Mesmo sem ter um grande volume ofensivo, o Carregosense dominou a etapa inicial e aproveitou a apatia do Macieirense para se adiantar no marcador perto do intervalo.
Ainda antes, Sousa, com espaço na área, rematou para uma enorme intervenção de Resende, que, pouco depois, quase defendeu a grande penalidade convertida pelo mesmo Sousa, que fez, desta forma, o 1-0.
Ao intervalo, o treinador Borges fez duas substituições e arriscou tudo no sentido de chegar à igualdade. Porventura, a equipa não se adaptou de imediato e continuou a dar muito espaço ao seu adversário.
À passagem do minuto 53, Dennis, isolado, teve a excelente oposição do guardião macieirense, que, pouco depois, voltou a brilhar a um remate do mesmo Dennis.
Contudo, o 2-0 chegou, inevitavelmente, aos 66 minutos, por intermédio de Dennis, que viu o seu esforço ser coroado com um golo.
A partida parecia já estar resolvida, porém, uma arrancada de Roma, que depois serviu Talhas para o 2-1 foi o mote para animar a formação de Macieira de Sarnes e os seus adeptos.
A partida entrou na fase das decisões mas também de muitas picardias e paragens.
Mostrando uma grande crença, os visitantes chegaram ao empate a duas bolas, já nos descontos, num cruzamento de Cris para o desvio certeiro de Vilar, o que provocou uma enorme alegria em toda a equipa.
Depois de uma exibição cinzenta, valeu ao Macieirense o resultado final neste derbi concelhio que, com a obtenção deste ponto, saiu da zona de descida na tabela classificativa.

Paulo Rui

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

  Subscribe  
Notify of