Incontinência Urinária

Incontinência Urinária

A incontinência urinária consiste na perda involuntária de urina.
Embora possa acontecer em ambos os sexos e em qualquer idade, tende a ser mais prevalente em mulheres e tem tendência a agravar-se com o envelhecimento.
Os sintomas podem variar desde perdas escassas de urina ao esvaziamento completo da bexiga. A maior parte dos problemas de controlo vesical acontecem quando músculos envolvidos na micção perdem a força ou se tornam demasiado activos. Na incontinência urinária de esforço existe um enfraquecimento dos músculos envolvidos na micção que leva a perdas de urina com os espirros, tosse, riso ou outros esforços. Na incontinência urinária de urgência estamos perante um quadro de hiperactividade dos músculos da bexiga. Nestes casos, o paciente sente uma intensa vontade de urinar, difícil de adiar e que leva a um quadro de urgência ou frequência miccional associado a perdas de urina.
Não há necessidade de conviver com a perda de urina. Existem várias abordagens eficazes. O tratamento depende do tipo de incontinência e vai de acordo ao que melhor se adapta ao estilo de vida do doente.  Na consulta, o Urologista pode sugerir várias estratégias que podem ir desde uma mudança de hábitos ou estilos de vida, fisioterapia para fortalecimento dos músculos, medicamentos, procedimentos ou cirurgias minimamente invasivas.
Embora o doente se possa se sentir envergonhado de falar com alguém sobre seus sintomas, deve recorrer ao Urologista se tiver algum tipo de incontinência urinária. Isso pode ser o primeiro passo no sentido de encontrar uma forma de tratar eficazmente o problema.

Paulo Espiridião
Urologista CMP

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

  Subscribe  
Notify of