Fundo de Vila a duas velocidades

Campeonato Distrital de Juniores
Fundo de Vila, 3 – ACR Vale de Cambra, 2
Fundo de Vila alinhou com os seguintes elementos: Rafael Pereira, Henrique Carola, Joel Lopes, Raul Silva, André Ferreira, Telmo Reis, André Oliveira, Leandro Sousa, Gonçalo Silva, Tiago Capela, Rui Baptista e Francisco Silva. Treinador: Renato Ferreira
Delegados: Carlos Santos e André Oliveira
Marcaram pelo Fundo de Vila: Telmo Reis, dois golos e André Oliveira.
A equipa do Fundo de Vila mais uma vez jogou a dois tempos. Começando o encontro com uma toada morna, foi sem surpresa que sofreu o primeiro golo, resultado que se manteve até final da primeira parte sem que a equipa da casa se conseguisse afirmar.
Chegados finalmente ao intervalo, foi altura de acertar os cordelinhos no balneário e pôr as peças no lugar.
Com o começo da segunda metade da partida, ao contrário do que se esperava, um Fundo de Vila mais aguerrido, mais unido e jogando mais em coletivo, acontece que é a equipa visitante que marca o segundo golo.
Soaram as campainhas no reino do conjunto da casa, que sabia perfeitamente o que tinha a fazer para dar a volta ao resultado. Incentivados pelo seu banco, que não se cansava de chamar a atenção e de indicar o que era necessário cumprir em campo, começa então a recuperação. Percebeu a equipa do Fundo de Vila que tinha condições e capacidade para sair vitoriosa deste encontro, assim se empenhassem.
A partir do primeiro golo cresceu o Fundo de Vila ao seu nível, o que não deu mais hipóteses à equipa visitante. Rapidamente chegou o Fundo de Vila aos três a dois, sendo a partir daí necessário manter a diferença, aproveitando o ACR para pressionar, o que obrigou o Fundo de Vila a cometer uma série de faltas, tendo atingido as cinco a cerca de cinco minutos do final do encontro. Tudo fez a equipa visitante para conseguir a tão ambicionada sexta falta, o que veio a acontecer a dois minutos do final, o que provocou alguma expectativa quanto ao seu desfecho, que poderia dar o empate.
Mandado marcar o respetivo castigo, tinha a equipa do Fundo de Vila na sua baliza um guarda-redes sabedor da importância do livre e, motivado e apoiado por todos, fez a sua parte, defendendo e mantendo a vitória da sua equipa. Foi um final sofredor, o que torna mais saborosa a vitoria.
A arbitragem, embora com uma ou outra falha, teve um bom trabalho.

A próxima jornada terá lugar contra a equipa da Novasemente, pelas 19h30 do dia 29 do corrente, no Pavilhão Municipal Napoleão Guerra, nas Caçufas.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

  Subscribe  
Notify of