Desporto

Sanjoanense tem de anular dois golos para ser campeã

• Favoritos: 39


Candelária 4-2 AD Sanjoanense

A Sanjoanense foi à Ilha do Pico, nos Açores, conhecer o sabor da derrota ao fim de 24 vitórias consecutivas. Na primeira mão do apuramento de campeão, os alvinegros saíram derrotados da Candelária, por 4-2, num duelo muito intenso frente ao vencedor da Zona Sul da II Divisão que, apesar de estar recheado de jovens, apresentou-se como uma equipa muito bem trabalhada pelo antigo internacional português Pedro Afonso, coesa e fisicamente disponível e provou o porquê de ser a melhor defesa da II Divisão.
Começou por cima a ADS que inaugurou o marcador por Alex Mount mas, em pouco tempo, o Candelária fez três golos de rajada, um de meia distância por Vasco Soares, outro no qual o guarda-redes Guilherme Pedruco pareceu que podia ter feito melhor e o terceiro numa desatenção geral da defensiva alvinegra, que adormeceu e deixou o Candelária à mercê do 3-1.
Antes do intervalo, Hugo Santos reduziu para 3-2, de livre direto, porém na segunda parte o argentino Paéz repôs o 4-2, de livre direto. A ADS podia ter encurtado a margem, só que Hugo Santos, de bola parada, Alex Mount e Andrés Castaño, ambos isolados para a baliza, falharam oportunidades soberanas.
Resta, agora, tentar a reação no sábado, às 18h30, na segunda mão de todas as decisões no Caldeirão, para se conhecer o novo campeão da II Divisão, a equipa que irá suceder ao HC Turquel.
Nota para os oito sanjoanenses que fizeram a viagem até aos Açores para apoiar a equipa e que foram posteriormente reconhecidos pelo clube, com uma fotografia tirada e colocada nas redes sociais.


Pavilhão de Desportos da Candelária
Árbitros: Teófilo Casimiro (AP Ribatejo) e Bruno Henriques (AP Lisboa)
ADSanjoanense: Guilherme Pedruco, João Ramalho, Nuno Araújo, Alex Mount e Hugo Santos. Suplentes: André Couto, Rúben Pereira, David Castaño, José Almeida e Andrés Castaño. Golos: Alex Mount e Hugo Santos.

39 Recomendações
comments icon0 comentários
0 favoritos
65 visualizações
bookmark icon

Escreva um comentário...

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *