Desporto

Má arbitragem afunda Sanjoanense

• Favoritos: 56


A Sanjoanense perdeu nos Carvalhos e caiu para o terceiro lugar, em igualdade pontual com os gaienses mas com mais um jogo, e complicou as contas da subida.

CH Carvalhos, 5-AD Sanjoanense, 3

O primeiro lugar ficou à distância de dez pontos e passou a ser uma miragem, avançando um super Juventude Pacense para uma subida mais do que adivinhada, enquanto o segundo posto será discutido entre CD Póvoa, que subiu ao segundo lugar, Carvalhos e Sanjoanense. Quanto ao encontro do passado sábado, a ADS entrou melhor e adiantou-se por Hugo Santos. O CH Carvalhos empatou por Xavier Pinho, num lance fortuito no qual a ADS falhou defensivamente, e saltou para a frente do marcador na sequência de um livre-direto após cartão azul mostrado a Hugo Santos, o primeiro de seis (!!) azuis que a ADS viria a ver no encontro. Pouco depois, Duarte Terra empatou de penálti, todavia, em contra-ataque, o Carvalhos fez o  3-2 por Afonso Lima e, antes do intervalo, o quarto, pelo mesmo jogador, de livre direto na sequência de um azul a João Ramalho. A ADS entrou na segunda parte com vontade de mudar o rumo dos acontecimentos, mas o jogo teve demasiadas paragens, muito antijogo do Carvalhos, e uma arbitragem com critério desigual que penalizou os alvinegros com mais quatro admoestações.
O campeonato pára, agora, para a Taça de Portugal e volta a 25 de março, com uma receção ao FC Porto B.

Pavilhão do CH Carvalhos
Árbitros: Fernando Vasconcelos (AP Minho) e Joaquim Pinto (AP Porto)
ADS: Nuno Magalhães, João Ramalho, Luís Filipe, Hugo Santos e José Almeida
Suplentes: Marcelo Silva, Duarte Terra, João Candeias, Tiago Almeida e João Cruz
Treinador: Tiago Sousa
Golos: Hugo Santos e Duarte Terra (2)

56 Recomendações
190 visualizações
bookmark icon