Desporto

Grande exibição coroada com três pontos

• Favoritos: 83


A Sanjoanense regressou às vitórias em Canelas, um jogo insólito e com muitas incidências ao longo da partida.

Canelas, 2 - Sanjoanense, 3

Os alvinegros foram sempre superiores durante toda a partida, criando várias oportunidades de golo, frente a um Canelas muito agressivo.
Os comandados de António Barbosa entraram decididos para vencer a partida, e logo aos cinco minutos Joel Silva, na cara de João Matos rematou à figura. A Sanjoanense não tirava o pé do acelerador e à passagem do minuto 23, João Silva, servido por Kiko, rematou colocado para o fundo da baliza, estava inaugurado o marcador. Minutos depois, Alex Tanque repôs a igualdade fruto de uma grande penalidade.
Aos 32 minutos, Pedro Pinho, deixou um defesa para trás, tinha tudo para fazer o golo mas o remate saiu desviado. Antes do intervalo, Joel Silva, com uma receção de classe isolou-se mas uma grande defesa de João Matos evitou o golo.
O intervalo chegava com resultado que não se ajusta ao que se passou dentro das quatro linhas. A Sanjoanense merecia estar na frente do marcador.
A segunda parte começou com a 1ª expulsão, Leo Araújo, viu o segundo amarelo na partida, após uma entrada dura sobre João Silva. Na sequência da bola parada, Pedro Pinho fez o 1-2. Pedro Pinho surgiu ao primeiro poste livre de marcação. Os homens da frente da Sanjoanense estavam endiabrados e a realizar uma excelente exibição, João Silva passados uns minutos dilatou a vantagem na sequência de um contra-ataque executado na perfeição.
Em desvantagem numérica, o Canelas ainda conseguiu reduzir para 2-3, por intermédio de Tigrão mas, a partir daí aconteceu o impensável. Após duas expulsões no espaço de cinco minutos de jogadores da casa, a equipa do Canelas abandonou o relvado. Os jogadores da Sanjoanense e o árbitro, ficaram impávidos e serenos à espera que a normalidade voltasse. A partida recomeçou 13 minutos depois, com o árbitro a dar 18 minutos de desconto. Até ao apito final destaque para um remate ao poste de Maranhão.
A Sanjoanense conseguiu uma vitória importante e inteiramente justa. Foi superior durante toda a partida, a vitória dos alvinegros nunca esteve em causa, e por várias vezes podia ter aumentado a vantagem.
No próximo sábado, às 15 horas, a Sanjoanense recebe a equipa do Paredes no Estádio Conde Dias Garcia, com entrada gratuita para sócios.

Declarações António Barbosa: “Esta vitória foi fruto da forte personalidade, atitude ambiciosa e determinada com que os nossos jogadores abordaram o jogo.”

 

Estádio Canelas Gaia
Árbitro: Tiago Mendes – AF Braga

Canelas: João Matos, Bosingwa, Agostinho Carvalho (Gonçalo 72), Leo Araújo, Bruno, Rodrigo, Samu (Eduardo 64), Gustavo, Francisco Sousa (António 58), Alex Tanque (Firmino 92) e Tigrão (Kenedy Có 72).
Treinador: Pedro Lomba

Sanjoanense: Pedro Mateus, Kiko Pereira, Danrlei (C), Aloísio (Edgar 63), Pedro Araújo, Jorge Pereira, Pedro Pinho, Ruben Alves (Maranhão 73), João Ricardo (Elijah 95), Joel Silva e João Silva (Aldair 63).
Treinador: António Barbosa

Golos: João Silva (23, 58), Pedro Pinho (50), Alex Tanque (27), Tigrão (69).

 

 

83 Recomendações
151 visualizações
bookmark icon