Cultura e Lazer

Novembro Jazz termina com “balanço francamente positivo”

• Favoritos: 77


O festival Novembro Jazz termina com “balanço francamente positivo”, conforme assegura a programadora da Casa da Criatividade, Gisela Borges. No total, o evento contabilizou 1359 espectadores nas diversas atividades promovidas ao longo do mês.

A programadora da Casa da Criatividade diz que “no que concerne aos concertos principais no grande auditório, denotou-se um crescente de público externo à cidade”, o que considera “que prova que há um caminho que tem vindo a ser traçado com coerência no panorama jazzístico nacional”.
“O foyer com uma roupagem adequada ao festival (muito elogiada), foi palco de pequenos concertos introdutórios, através das parcerias diretas com a Escola Profissional de Música de Espinho e com a Academia de Música de S. João da Madeira, momentos calorosamente recebidos pelo público”, sustenta igualmente a responsável.
Já o Musicatos Jazz foi “uma aposta ganha, com um concerto de elevada qualidade e a proposta para famílias esgotou com alguma antecedência” e a MasterClass de Jazz, com André Carvalho, “esgotou as inscrições, com uma experiência no palco do concerto”.
Uma novidade da edição deste ano e que segundo a programadora também foi “bem sucedida” foi o lançamento do lápis oficial do evento. “Um elemento identitário que pretendemos manter”, garante Gisela Borges.
A responsável sublinha ainda que houve novas iniciativas além portas, com “recetividade da comunidade”.
“Transportamos o jazz além do espaço formal dos auditórios, o que fez com que se multiplicassem pedidos para a edição do próximo ano que já vislumbra novas e maiores parcerias”, indica também a programadora da Casa da Criatividade.
Recorde-se que, ao longo do mês de novembro, passaram pela maior sala de espetáculos de S. João da Madeira Amaro Freitas (no dia 4), Mimi Froes (no dia 11), Ricardo Toscano Quarteto (dia 18), Sónia Pinto (no dia 19) e Carlos Bica & Azul (no dia 25), sendo que a programação do Novembro Jazz contou ainda com um concerto para bebés (“A flauta doce e sons de arrepiar”).
O Novembro Jazz é um festival, promovido pela Câmara municipal de S. João da Madeira, que tem como objetivo divulgar este género musical, reunindo, na cidade, músicos de “grande qualidade de Portugal e de outras geografias”, conforme descreve a organização.

77 Recomendações
172 visualizações
bookmark icon