É imperioso denunciar um Estado que “esquece” os mais frágeis dos frágeis: os doentes

O nosso país está a passar por graves dificuldades económico-financeiras. O Estado Português tem uma dívida monstruosa e, ainda, em crescendo em termos absolutos. Este governo, na continuidade do anterior, viu-se obrigado a apertar fortemente o cinto, para conseguir ir gerindo essa dívida. Quem acredita ainda que se “virou a página da austeridade” – o slogan que favoreceu a constituição

Questões da nossa Cidade DCCXCIX

I – A Praça é assunto de todos os dias O assunto sobre a nossa Praça é, neste período das festas natalícias, o assunto mais falado na cidade! E tudo isto porque o actual executivo do PS entendeu alterar o anterior projecto que tinha sido aprovado por unanimidade política dos órgãos decisores na gestão do PSD, cujo mandato terminou há

Portugal, política e corrupção

Portugal está a construir um novo partido político de verdade e sem clientelismos. Alguém neste país aceitou mudar as políticas, verdadeiras e justas, lembrando um político que alguém fez desaparecer e que a justiça tenha desistido em encontrar culpados, Sá Carneiro. A verdade de um povo não pode ser vendida e muito menos carne para canhão. Portugal vive atualmente sem

Integração da Freguesia de Milheirós de Poiares no concelho de SJM

Relativamente Projeto de Lei referente à Integração da Freguesia de Milheirós de Poiares no concelho de SJM, cumpre-me expor os seguintes considerandos: O referido Projeto lei (PL) tem erros ortográficos e está repleto de inverdades. O que é mais grave é mencionar que não existem as infraestruturas necessárias à qualidade de vida das suas populações, o que é totalmente falso.

Questões da nossa Cidade DCCXCVI

I – Ai a Praça, a nossa Praça… Vai-se ouvindo, aqui e ali, de uma forma mais ou menos acalorada – dependendo dos interesses que cada um defende – uma série de críticas sobre o alterado projecto para a Praça Luís Ribeiro, apresentado pelo Senhor Presidente da Câmara Municipal, salvo erro, no auditório dos Paços da Cultura, na passada semana.

Questões da Nossa Cidade – DCCXCV

I – É tudo uma questão de ótica Oiço, quase todos os dias, acusações feitas pelos deputados do PSD e do CDS-PP, na Assembleia da República, a criticarem severamente os partidos coligados que sustentam parlamentarmente o governo dito “Gerigonça”, acusando-os de estarem a forçar o governo a gastar as poupanças públicas com aumentos ou reposições dos vencimentos na função pública,

Não há milagres na Praça

Na passada segunda-feira, no auditório dos Paços da Cultura, a sessão de apresentação da “Nova proposta de reabilitação e revitalização do centro da cidade de S. João da Madeira” pretendia ser um debate, mas em virtude da escolha de um formato errado, tornou-se algo inesperado. Não houve diálogo com perguntas e respostas; Em vez disso foram colocadas ao mesmo tempo