Deus escreve direito por linhas tortas!…

S. João da Madeira teve figuras ilustres que muito amaram a sua terra, de tal modo que utilizaram a sua fortuna para o engrandecimento da mesma. Entre muitos outros, destaca-se o Conde Dias Garcia. Este título foi-lhe atribuído pelo Papa Pio Nono, pelas suas obras de caridade em favor de quem mais precisava, tanto no Brasil, como na sua terra.

Os três reis magos

Não era de esperar novidades ao ouvir as críticas de Montenegro sobre o líder do “seu” partido, Rui Rio, a propósito da forma como o este faz a oposição ao governo de António Costa, não se lembrando que o mesmo foi eleito em meados de janeiro de 2017 e a sua direção foi escolhida no congresso realizado um mês depois.

Questões da nossa Cidade DCCCIV

Questões da nossa Cidade DCCCIV

I – A imagem enganosa que se fica da cidade Como se sabe, S. João da Madeira tem consideradas quatro entradas para cidade. A Nascente, a entrada faz-se no lugar das Travessas e pela av. da Liberdade, que, pela envolvência, é linda de morrer, particularmente à noite quando tem as luzes e a água do lago da rotunda a funcionar!

Os Equívocos do Futebol Português

O futebol no nosso país deveria ser uma atividade de entretenimento e de exercício e prática desportiva, para alem da “produção de espetáculos de lazer”, mas “evoluiu” para uma fonte de alienação e onde muita coisa é permitida, num “vale tudo para atingir fins”, mesmo que pouco lícitos. O futebol distrital (amador) é uma “escola” não de virtudes e de

Questões da nossa Cidade – DCCCIII

I – É o costume De alguns anos a esta parte, existem obras municipais de requalificação na cidade que se vão repetindo ciclicamente pelos executivos camarários. São elas: a rua da Liberdade, a rua Júlio Dinis, a Praça e ruas próximas, o Mercado Municipal, o edifício do Rei da Farinha e o edifício da Quinta do Conde. Tem sido aí

Carta aberta ao vereador do Desporto e Juventude

Caríssimo Vereador Prof. Pedro Silva,

Não seria esta a forma que mais privilegio na abordagem às razões e motivações sobre os mais diversos temas justamente com interlocutores de algum modo próximos. Daí, pensar e decidir que, ao tratar questões do presente como as que passo a colocar-lhe, do interesse público, ainda que de uma faixa específica, a da comunidade desportiva

INACEITÁVEL. Não nos enganem sobre a Praça

Esclarecimento ao direito de resposta da Senhora Dr.ª Eva Cruz

Peço desculpa, aos leitores e à Redação de ‘O Regional’, por voltar a falar da Praça sob o título “INACEITÁVEL. Não nos enganem sobre a Praça”. Não alimento discussões estéreis, mas não fujo às polémicas. Não ignoro as opiniões de quem considero sério e, por isso, sinto-me obrigado a esclarecer.