Bom espírito e ventos amáveis

Bom espírito e ventos amáveis

Nos dias 2 e 3 de fevereiro, a Natação ADS/Fepsa esteve em Viseu, no Torneio de Preparação e, na Póvoa, no Meeting Internacional da Póvoa. Em ambos os acontecimentos marcou condigna presença desportiva dando, com os seus nadadores, o brilho e a competitividade necessários a um bem lavrado fim-de-semana desportivo; resultando num amplo conjunto de fantásticos resultados técnicos.
Assim, ao norte, a sénior Ana Rodrigues, a júnior Cláudia Oliveira e a juvenil Mariana Silva que, ao juntarem o essencial, física e mentalmente, para competirem num nível elevado, e porque procuravam no desafio do Meeting algo para testar o exercício do dia-a-dia, lá foram ao encontro de saber do alcance das suas expectativas.
Na Póvoa, com 42 equipas presentes (quatro eram estrangeiras) e 442 nadadores; de manhã disputavam-se as eliminatórias e à tarde as finais. No conjunto, a ADS/Fepsa, que participou em 12 provas, quatro para cada uma das suas nadadoras, acedeu a seis das finais: quatro para a Ana Rodrigues e duas para a Cláudia Oliveira. A Ana veio a vencer três das finais A (50 bruços, 100 bruços e 50 livres), ficando em 2.º nos 100 livres; a Cláudia foi 6.º lugar na final B dos 50 bruços e 8.º na final B dos 100 bruços. O resultado, considerado positivo, renovou, no entanto, a vontade de se fazer melhor.
Ao centro, em Viseu, 17 clubes com 312 atletas, a perspectiva era ligeiramente diferente. Os 19 nadadores ADS/Fepsa presentes, embora sempre ligados ao espírito do conjunto, tinham o dever de expor as suas ideias particulares sobre esta competição; e isto acerca: dos mínimos para as diversas provas nacionais sempre em causa, melhores tempos pessoais, umas quantas estreias e outros, muitos, devaneios tácticos que eram preciso testar e alguma ansiedade que era preciso superar.
Os nadadores que pela primeira vez representaram a ADS/Fepsa foram: o (recém licenciado em Medicina) sénior Diogo Catelas e os infantis Ricardo Campos, Martim Bastos e Beatriz Pinho. Todos evidenciaram grande interesse pela modalidade, não só no modo de adulto, como também no modo jovem.
Os demais atletas deste fim-de-semana, todos eles, da cabeça aos pés, também uma parte do mundo chamado Natação ADS/Fepsa e, de aliança firmada com os mesmos sonhos, foram e para que os nomes constem neste artigo: Maria João Rocha, Jorge Duarte, Francisco Guimarães, Igor Gruby, Pedro Duarte, Rita Plaza, Mariana Costa, Margarida Cunha, Laura Pinho, Ana Morais, Rúben Paiva, Mafalda Bastos e Inês Matos. Juntos aprendem a ser afirmativos com o que fazemos, a Natação é uma sugestão válida.
Não querendo ir de novo ao anúncio do quanto ADS/Fepsa tem feito, saudamos, contudo, todos os que vão dando aqueles passos pequeninos que inflamam de facto a nossa ideia do quanto queremos à natação.
Por agora, durante um mesito, vamo-nos dedicar só aos treinos, voltando à competição lá para inícios de março. De facto, temos muito que fazer. Não queremos parar sem perceber, de todo, se há ou não um sentido sagrado nesta nossa afeição.
Amáveis os ventos que aqui nos trouxeram, maravilhoso o quanto de humano daqui se vê.

Somos Natação ADS/Fepsa

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

  Subscribe  
Notify of