42 originais de poesia disputam Prémio João da Silva Correia

42 originais de poesia disputam Prémio João da Silva Correia

Decisão de alargar âmbito geográfico contribuiu para quadruplicar o n.º de concorrentes em relação à edição anterior.

O júri do Prémio Literário João da Silva Correia vai analisar 42 originais de poesia para definir o vencedor da mais recente edição deste concurso lançado pela Câmara Municipal de S. João da Madeira, cujo prazo para envio de obras se iniciou em dezembro de 2018 e terminou no dia 18 de janeiro deste ano.
Por decisão da autarquia, e com o objetivo de projetar e promover uma maior difusão da iniciativa, este concurso passou a estar aberto também a candidatos sem ligação ao concelho de S. João da Madeira, medida que contribuiu para que o número de concorrentes tenha quadruplicado em relação à edição anterior, que decorreu em 2015.
Essas mais de quatro dezenas de obras vão agora ser analisadas pelo júri do Prémio João da Silva Correia, constituído, nesta edição, pela ex-Ministra da Cultura Isabel Pires de Lima, pelo poeta José Fanha e por um representante da editora Âncora, entidade que é parceira do Município de S. João da Madeira na publicação dos livros vencedores deste concurso, instituído em 2006 e que já tinha sido dedicado especificamente à poesia nos anos de 2007, 2011 e 2015.
Quando a decisão final estiver tomada, o vencedor será notificado por ofício e o anúncio público do resultado será feito na página da Câmara de S. João da Madeira (www.cm-sjm.pt), realizando-se, posteriormente, uma cerimónia de lançamento do respetivo livro na Biblioteca Municipal.
Sendo operacionalizado pelos serviços da Biblioteca Municipal de S. João da Madeira, este prémio, que tem o nome do escritor e jornalista sanjoanense João da Silva Correia (1896-1973), autor do romance “Unhas Negras”, traduz-se na garantia da publicação da obra selecionada, mediante a comparticipação financeira, pela Câmara Municipal, nos custos da respetiva edição, até ao limite de 2.000 euros.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

  Subscribe  
Notify of