Sociedade

Bombeiros reconhecidos e com compromissos sociais reforçados

• Favoritos: 43


No passado dia 28 de outubro, a cidade celebrou o Dia Municipal do Bombeiro, uma data estabelecida pela Câmara Municipal, em 2012. As comemorações deste dia reuniram diversos representantes dos bombeiros, assim como entidades ligadas à proteção civil

O Comandante do Corpo Ativo dos Bombeiros de S. João da Madeira, Normando Oliveira, destacou a importância deste evento, marcando o 11º ano de celebração do Dia Municipal do Bombeiro na cidade. Ele enfatizou o papel crucial do corpo de bombeiros como “uma unidade oficialmente homologada e tecnicamente preparada para a proteção de vidas humanas e bens em situações de perigo”, incluindo o combate a incêndios e o socorro a feridos e doentes.
O corpo de Bombeiros de S. João da Madeira teve um ano ativo em 2023, realizando um total de “5.321 serviços e transportando 7.382 feridos e doentes, ações que perfizeram cerca de 180.436 quilómetros”, dados facultados por Normando Oliveira durante a cerimónia solene do Dia Municipal do Bombeiro. Atividades essas que incluíram a resposta “a 47 incêndios urbanos e industriais, 66 acidentes de viação (incluindo atropelamentos) e 53 incêndios rurais”, acrescentou. O corpo de bombeiros é, atualmente, composto por cerca de “70 elementos no quadro ativo”, dos quais fazem parte estagiários, cadetes, infantes, membros do quadro de honra e do quadro de reserva.
Além disso, os bombeiros de S. João da Madeira possuem uma ampla gama de formações especializadas, incluindo tripulante de ambulância de socorro, tripulante de ambulância de transporte, condução de veículos pesados e ligeiros, entre outras. Também dispõem de um grupo de formadores nas diversas áreas da missão dos bombeiros, como combate a incêndios urbanos e industriais, desencarceramento e muito mais.
A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de S. João da Madeira (AHBSJM) é acreditada pelo INEM para ministrar formações em suporte básico de vida e uso de desfibrilhador automático externo (DAE). Nos últimos dois anos, “realizaram cerca de 20 ações de formação, capacitando aproximadamente 200 formandos de empresas e associações locais”, segundo o comandante do corpo ativo dos bombeiros, Normando Oliveira.
Através do contributo da Cidade no Jardim, o corpo de bombeiros, conseguiu instalar no quartel operacional um ginásio que tem como objetivo a preparação física dos seus bombeiros, estando, assim, “melhor preparados para enfrentar, a cada vez mais exigente, resposta à emergência”, no quadro da missão dos bombeiros, concluiu Normando Oliveira.

“Fui presidente e dirigente em muitas instituições e associações"

Durante o evento, o presidente da AHBSJM, Carlos Coelho, discursou sobre a ocasião e anunciou que este seria o “meu último ato público oficial nesta qualidade e é com emoção e já com um sentimento de alguma saudade que participo hoje na qualidade de presidente da AHBSJM” pois em breve haverá eleições para os novos órgãos sociais da associação. Expressando o seu agradecimento e apreço pelos bombeiros de S. João da Madeira, ressaltou a importância do seu trabalho ao longo de 25 anos.
Após vários anos à frente da Associação Humanitária dos Bombeiros de S. João da Madeira, o presidente e destacado dirigente expressou a sua profunda gratidão e satisfação pelo seu extenso período de liderança. “Fui presidente e dirigente em muitas instituições e associações mas sem sombra de dúvida, esta foi a que mais me marcou e com a qual mais me identifiquei, trabalhei anos a fio com o apoio extraordinário dos órgãos sociais, atingindo todos objetivos a que nos propusemos, o que me deixou chegar ao dia de hoje com a consciência e a satisfação de dever cumprido”, num percurso que contribuiu para Carlos Coelho ser o homem que é hoje e que o permitiu desenvolver amizades sólidas e duradouras.
O presidente da Federação de Bombeiros Distrital, Miguel Aguiar Soares, realçou a necessidade de apoiar os bombeiros e “de olhar para isto como um investimento e não como uma despesa para podermos garantir a saúde da população”. Destacando que o Dia Municipal do Bombeiro é essencial e merece ser estendido a todo o país, reconheceu “as dificuldades que os bombeiros têm, e que já todos sabemos, torna-se fastidioso falar, continuam as mesmas e continuamos a estar à rasca. Obrigada e parabéns por este dia”, concluiu Miguel Soares.
Vítor Machado, representante da Liga dos Bombeiros Portugueses, elogiou a relação próxima entre o presidente da Câmara Municipal, Jorge Vultos Sequeira, e os bombeiros, “que em poucos municípios se vê” considerando-a um exemplo no país, de apoio aos bombeiros.

Autarquia intensifica benefícios sociais aos bombeiros

À medida que a sessão solene chegava ao seu término, o presidente da Câmara Municipal, Jorge Vultos Sequeira, anunciou que o governo municipal reforçará o seu apoio social aos bombeiros voluntários de S. João da Madeira, com “medidas destinadas a incentivar o voluntariado e proporcionar benefícios aos bombeiros e às suas famílias”. Isso inclui descontos na fatura de água e no imposto municipal de imóveis, bolsas de estudo para o ensino superior “garantindo a atribuição de três bolsas de estudo”, assim como “os filhos e enteados dos bombeiros voluntários que frequentam a rede escolar pública terão direito a todos os apoios atribuídos aos beneficiários do escalão da ação social escolar, incluindo refeições gratuitas desde o ensino primário até ao secundário”, completou o presidente da Câmara Municipal.
Além dessas iniciativas voltadas para os bombeiros voluntários, Jorge Vultos Sequeira também revelou a homologação da constituição de uma terceira Equipa de Intervenção Permanente (EIP), reforçando a capacidade de resposta em situações de emergência na cidade. Num envelope financeiro que garantiu “cerca de 190 mil euros no próximo quadro comunitário de apoio”, que será destinado à aquisição de equipamentos para a Proteção Civil municipal.
As comemorações do Dia Municipal do Bombeiro destacaram a dedicação e o compromisso dos bombeiros de S. João da Madeira e reforçaram a importância de apoiar as pessoas e associações que protegem a comunidade em situações de emergência.

43 Recomendações
70 visualizações
bookmark icon