Opinião

Hortalices

• Favoritos: 10


As favas da minha horta estão bonitas e grandinhas, mas ainda não têm favas. A frase parece um paradoxo, mas não é. Os dicionários atribuem ao termo “fava” o significado de planta e de semente. Ainda estive para escrever “faveira”, mas descobri que esta palavra se refere a uma árvore com mais de quinze metros de altura. Ora, as minhas favinhas não hão de ultrapassar o metro e meio, tamanho que o Criador lhes destinou.
E, hoje que resolvi falar de favas, descobri que me meti numa grande alhada. Por acaso, os meus alhos também estão a ficar bonitos. E as ervilhas idem, mas nada de desconversar…
Alhada porquê? Porque só expressões idiomáticas com o termo “fava” são, pelo menos, quatro: favas contadas, ir à fava, mandar à fava, pagar as favas. E, no dicionário Houaiss, a palavra “fava”, associada a outra palavra, aparece, nada mais nada menos, do que cinquenta e duas vezes. Uma delas até é a “fava-elétrica”, não comam, porque tem efeito paralisante. Mas há a “fava-de-bolacha”, a” fava-de-cavalo”, a “fava-de-santo-inácio-falsa”, uma verdadeira trepadeira… Imaginem! E depois, ainda há a “mulher da fava-rica”, a tal da sopinha do gostinho especial, a fava do bolo-rei, o arroz de favas que acabou por convencer Jacinto em “A cidade e as serras” de Eça de Queirós…
Se eu tentasse explicar estas favas todas, nem vinte páginas de “O Regional” chegariam. Portanto, vou voltar às favas da minha horta, semeadas em novembro, como manda a tradição hortícola, abundantemente regadas pelos dilúvios de dezembro e, agora, tentando livrar-se do piolho e de outras moléstias que as costumam atormentar. As flores e as vagens virão a seu tempo. A vida do campo é este permanente balançar entre a natureza que ajuda, a natureza que destrói e a natureza que cria. Mas é também aí que está a sua beleza e o seu desafio.
Como esta deve ser a última “hortalice” de 2022, resta-me desejar-vos, caras leitoras e caros leitores, que não vos saia a fava do bolo-rei e que o ano de 2023 apenas vos traga brindes.
Acabei por não explicar todos os mistérios das favas, mas é assim. As palavras são como as favas…

10 Recomendações
56 visualizações
bookmark icon