Sociedade

Cantinas asseguram refeições na suspensão letiva do Natal

• Favoritos: 24


As aulas param durante o período das festas de Natal e Ano Novo, mas as cantinas escolares da rede pública da cidade mantêm a missão de assegurar as refeições. No total, são 11 as cantinas que, vão estar de portas abertas nas chamadas férias

Um pouco por todo o país, as cantinas escolares mantêm-se em funcionamento no período das férias escolares, proporcionando para muitos alunos aquela que poderá ser a “única refeição completa” ao longo da semana.
Esta é há muito uma preocupação de vários municípios, juntas de freguesia e associações de pais, relativamente a estas refeições que integram programas de atividades lúdicas para apoiar as crianças mais carenciadas.
As férias de Natal em S. João da Madeira decorrem entre 22 de dezembro a dois de janeiro e muitas escolas vão manter as cantinas abertas para servir refeições às crianças. No concelho existem onze cantinas escolares nas escolas do 1.º ciclo e da educação pré-escolar da rede pública e nestas férias de Natal continuam a servir as crianças que frequentam a Componente de Apoio à Família  e as Atividades de Tempos Livres.
Para além das crianças-utentes destes programas, qualquer encarregado de educação que inscreva o seu educando na respetiva escola terá acesso à cantina nas férias do Natal.
De acordo com a prática da Câmara Municipal, as cantinas escolares destinam-se a todos os alunos das escolas “independentemente da situação financeira das famílias”, afirma fonte da autarquia. Isto significa que “as cantinas não são apenas para as crianças carenciadas, mas para todos aqueles que precisam desse serviço municipal”. A Câmara Municipal mantém,  este serviço a funcionar, com as crianças a pagarem o mesmo que durante o ano letivo. Ou seja, os alunos do escalão C pagam 1.46, os do escalão B 0.73 e as crianças do escalão A têm acesso à refeição de forma gratuita.
Apesar de qualquer aluno da escola poder usufruir deste serviço, desde que o seu encarregado de educação o tenha inscrito  atempadamente, verifica-se que os encarregados de educação optam por inscrever os seus educandos, não só no serviço de refeições escolares, mas também nos programas de ocupação dos tempos livres.
Assim, as crianças podem estar ocupadas com atividades lúdicas durante todo o dia, enquanto os pais se encontram nos seus empregos.

24 Recomendações
72 visualizações
bookmark icon