Opinião

Palavras do tempo, no nosso tempo… Pessimismo – uma breve reflexão

• Favoritos: 25


O pessimista, no meu entendimento, é uma pessoa que durante a sua vida permanece “fechado num quarto escuro”, que permite que a sua mente vá criando e desenvolvendo “sentimentos negativos” sobre as suas expetativas de vida.
O pessimista é aquele que anuncia que vai chover quando o sol desperta pela manhã, e quando tudo corre bem, afirma que vai durar pouco e que se interroga sobre as verdadeiras intenções do tempo…
O pessimista tem “mau-olhado”, porque nunca quer ver as coisas que são belas e “ouve mal” porque não quer saber das boas notícias. Por exemplo: o pessimista, sente mais o frio que o calor, vê o copo meio vazio ao invés do meio cheio. Sente mais a dor, perdendo a alegria e a oportunidade de ser feliz e fazer felizes os seus mais próximos.
Winston Churchill escreveu: “Um pessimista vê dificuldades em cada oportunidade; um otimista vê oportunidades em cada dificuldade”.
Num diagnóstico médico observa; “O pessimismo tem uma influência nefasta sobre a digestão e a pressão sanguínea”. Não as quero ter!
“Os otimistas vivem mais tempo que os pessimistas”. Ótimo!
“Os pessimistas não vivem, estão já mortos muito antes de ser sepultados”. Chiça!
Não sendo pessimistas, podemos por muitas circunstâncias estar infelizes quando analisamos tudo aquilo que se passa neste mundo global, onde os flagelos originados pelas mãos dos homens - como o ambiente, a seca, as guerras, a fome, as ditaduras -, são os principais responsáveis pelas tragédias humanas. Estarão o realismo e o pessimismo correlacionados? O realista será pessimista?
De autor desconhecido: “Não és pessimista porque estás triste com uma ferida profunda no coração ou conjunto de males que te afligem. Não és um pessimista tão pouco quando estás profundamente entristecido pelo insuportável sofrimento de tantos homens inocentes, pela violência ou pela justiça no mundo”.
Eu não sou pessimista. Graças a Deus!

Rezar no Advento
Salmo 80: “Mostrai-nos, Senhor, o vosso rosto e seremos salvos”

Oração: “Neste Advento, Tu me convidas a escutar-Te e a procurar-Te.
Tu, não esperas de mim histórias de sucesso.
Tu, simplesmente, esperas por mim.
E ao aceitar encontrar-me contigo, descubro o sentido da minha vida.
No teu rosto que sempre me sorri e acolhe encontro o segredo da
Felicidade” Amem!

25 Recomendações
56 visualizações
bookmark icon