Opinião

Usemos o melhor possível as nossas capacidades!...

• Favoritos: 7


O ser humano tem em si um potencial infinito.
Foi dotado com uma parcela do divino que só a ele, foi concedida. No entanto, ela pode ser usada para tornar a vida nesta terra mais atraente, menos penosa, mais profícua, se for usada para o bem de todos. Não existe nenhum outro ser à face da terra, cujo desenvolvimento mental se assemelhe ao cérebro humano. Este devia ser grato, por lhe ter sido concedido tamanho benefício, que tornou possível o avanço tecnológico, de que todos usufruímos.
Mas a liberdade do homem faz muitas vezes, péssimo uso destas magníficas potencialidades.
Este pequenino excerto que o nosso Regional faz o favor de publicar, tem por missão criar nos meus leitores o hábito de fazer esforço, para usar sempre bem a sua inteligência, para tornar mais feliz todos os seus, todos os que lhe são próximos e fazer a sua parte, para que o mundo se torne melhor.
A maldade e a ambição de um homem, Putin, está a causar entre nós, e não só, tanta miséria, tanto sofrimento, tantas privações que já há quem diga que será o Apocalipse, pois com a ameaça, das armas nucleares não haverá vencedores nem vencidos. O mundo aniquilar-se-á, tal a profusão de tantas destas armas, em imensos países.
Amigo, há uma frase de Fernando Pessoa, em que podemos agradecer ao Criador, as maravilhas que Ele concedeu ao ser humano.
No momento de Intimidade com Deus, sai dos seus lábios esta prece:
- Senhor, dá-me uma alma, para Te seguir, para Te amar!...
Eu, tu, nós somos uma ínfima parcela de Deus. Ele tem muito amor a essa parcela, tal como acontece connosco. Ele ama intensamente tudo O que criou e não quer perder nada nem ninguém. Não é verdade, que se nos privam do que nos pertence isso pode até nem ser pelo valor, mas pela afeição que lhe temos, sofremos e de que maneira!...
Se fomos criados para o nada, que sentido tem a nossa vida?...
Para que valeu tanto esforço, tanto dinheiro, tanta preocupação se como dizia Belmiro de Azevedo:
- A minha fortuna vai ficar cá: Só preciso de um fatinho e duns sapatos.
Ele que chegou a dormir nos contentores das obras no início da sua vida.
Apenas levamos no nosso íntimo o bem ou o mal que fizemos que não ocupam espaço e cabem no caixão.
Um pai que deu a vida ao filho, ainda que não tenha intenção de lhe comprar uma guloseima no Shopping, ele começa a insistir, a pedir e o pai cede, para não ser importunado e porque não gosta de ver o filho a sofrer. A fé é um dom, cultivemo-lo. Se você não pode voar corra, se não pode correr, ande, se você não pode andar, rasteje até a encontrar.

7 Recomendações
76 visualizações
bookmark icon