Sociedade

Câmara Municipal e Ersuc premeiam escolas pela separação de resíduos

• Favoritos: 4


Estabelecimentos de ensino recolheram cerca de uma centena de toneladas de cartão/cartão, plástico/metal e vidro em 2022. Um crescimento de mais de 200% face ao ano letivo anterior.

Os estabelecimentos de ensino do concelho de S. João da Madeira receberam uma verba global de mais de 11 mil euros, como prémio pela recolha de cerca de 100 toneladas de resíduos recicláveis em 2021/2022, o que representa um aumento superior a 200 por cento relativamente ao ano letivo anterior.
Esses incentivos foram atribuídos no âmbito do Concurso 100% Resíduos, realizado pelo Município de S. João da Madeira, com a colaboração da Ersuc - Resíduos Sólidos do Centro, S.A.
A entrega decorreu numa sessão que teve lugar no auditório do Museu da Chapelaria na última semana, onde compareceram professores e alunos das escolas premiadas.
O Presidente da Camara Municipal, Jorge Vultos Sequeira, agradeceu a participação da comunidade educativa e felicitou os estabelecimentos de ensino pelo “resultado espetacular” que obtiveram.
O autarca também apelou a que  as escolas continuem a dar o seu contributo para reforçar a separação de resíduos em S. João da Madeira e que as verbas dos prémios do concurso sejam aplicadas em educação ambiental.
Não há melhor investimento no futuro do planeta à escala global do que o investimento que fazemos em sensibilização ambiental”, sustentou Jorge Vultos Sequeira, lembrando que o mundo vive “uma situação de emergência climática”.
Nesta sessão de entrega de prémios, estiveram ainda presentes o vice-presidente da Câmara, José Nuno Vieira, responsáveis técnicos da área do ambiente na autarquia e administradores da Ersuc.
O objetivo do Concurso 100% Resíduos é estimular a continua separação de resíduos recicláveis nas escolas, premiando-as na proporção das quantidades de cartão/cartão, plástico/metal e vidro que entregam para reciclagem.

 

4 Recomendações
36 visualizações
bookmark icon