Política

Bloco de Esquerda quer reforço do TUS e ligações até ao Porto

• Favoritos: 4


Para o Bloco de Esquerda, a "inflação galopante", a perda de poder de compra, o aumento do preço dos combustíveis e as alterações climáticas deviam fazer com que "se reforçassem os transportes públicos e se promovesse a sua utilização", mas, "não está a acontecer".
No passado sábado, a deputada municipal Eva Braga fez uma viagem nos Transportes Urbanos de S. João da Madeira (TUS) para chamar a atenção para o "problema" e agendará a discussão de soluções para a próxima Assembleia Municipal.
"Desadaptação de horários, lentidão dos percursos, falta de cobertura" são problemas identificados no TUS, cujo serviço o BE entende que deve ser "reforçado, criando mais linhas, aumentando a conexão entre as mesmas, adaptando os horários dos autocarros às necessidades da população, fazendo com que as suas viagens sejam mais rápidas".
Sobre ligações com outros concelhos e regiões, aquela força partidária lembra as "muitas deslocações" diárias entre este concelho e os concelhos limítrofes e o Porto, só que "ou os transportes são escassos e com horários desadaptados ou circulam sobrelotados".
"A Câmara Municipal de S. João da Madeira deve, no âmbito da Área Metropolitana do Porto e numa lógica de política regional de transportes, propor e executar medidas para o reforço destes transportes entre concelhos, com especial enfoque nos que fazem ligações com concelhos limítrofes e com o Porto", sustenta o partido.
Na próxima Assembleia Municipal, o BE quer discutir precisamente o reforço do TUS e das ligações com concelhos limítrofes e o Porto.

4 Recomendações
54 visualizações
bookmark icon