Rostos sem Máscara

Rostos sem Máscara, 45 - Maria Santos: “Realizo-me todos os dias naquilo que faço na Polícia”

• Favoritos: 2


Maria da Conceição Santos é funcionária na Polícia. Queria ser cantora, mas a vida trouçou-lhe as voltas e, atualmente, cabe-lhe “cuidar” o melhor possível da limpeza geral do edifício, passa horas na lavandaria a cuidar das roupas das camaratas.

Perde a conta ao número de degraus que sobe e desce todos os dias, no edifício da Polícia, em S. João da Madeira. Maria da Conceição Santos, 64 anos, é funcionária naquele espaço há 27 anos.
Recebeu-nos tranquilamente na sua hora de almoço. É civil, mas pertence ao quadro da polícia, num edifício grande, onde já soma muitos anos de serviço. E, por isso, pensa na reforma como uma forma de descansar, após tanto esforço ao longo de uma vida. “Tem dias em que chego a casa e não sinto as pernas. São, em média, 80 degraus”, que, muitas vezes, tem que subir e descer para desempenhar as suas tarefas. “Quando cheguei a este edifício, foi-me proposto o trabalho que era necessário”, que, na verdade, era um pouco de tudo, “desde limpezas, à cozinha, roupas”, mas é a Conceição que atualmente define o que fazer a cada hora e a cada dia.
Degraus para cima e para baixo e uma “paixão” em cada canto daquela estrutura policial, fizeram esta mulher dar todo o seu contributo, principalmente na limpeza geral, nas camaratas a tratar da roupa na lavandaria, dia após dia, entre as oito e as 16 horas.
A menina de outros tempos queria ser afinada na voz, e ser uma cantora com nome nos posters das ruas, mas “vir de um meio pequeno” e ter casado com um agente da polícia, mudou-lhe o rumo da história. Chegou a trabalhar  numa firma, noutros tempos, em Lourosa, em Santa Maria da Feira, durante 17 anos. O marido é agente da PSP e “acabou por me arrastar para cá”, onde continua com o sorriso e a boa disposição que faz questão de manter no trabalho. “Temos que viver a vida desta forma”, enfatiza.

Poderá ter acesso à versão integral deste artigo na edição impressa de 15 de setembro ou no formato digital, subscrevendo a assinatura

2 Recomendações
18 visualizações
bookmark icon