Desporto

Sanjoanense passa à 2ª eliminatória da Taça de Portugal

• Favoritos: 4


A Sanjoanense assegurou a passagem à 2.ª eliminatória da Taça de Portugal, num jogo que se antevia difícil para os alvinegros, mas a forma séria como a Sanjoanense abordou o jogo, tornou-o mais fácil.

Lusitano, 0 - Sanjoanense, 3

Estádio dos Trambelos, Viseu
Árbitro: António Moreira – AF Vila Real
Ao Intervalo 0-2

Lusitano: Baía, Calico, Tatiano, Iuri Bessa, Hugo, Edi Cá (Bra Semedo 76), Vasco Paredes (Kiku 61), Pedro Pereira (João Martins 39), Délcio, Barry e Mané (David 76).
Treinador: Fábio Farias

Sanjoanense: Gabriel Souza, Pedro Araújo, Edgar (c), Danrlei, Kiko, Jorge Pereira, Ruben Alves (Elijah 71), João Ricardo (Mário Borges 54), Marcos Brazion ( David Rebelo 39), Rui Pedro (Nuno Barbosa 71), Joel Silva (Meek 71).
Treinador: Tiago Moutinho

Golos: Joel Silva (11), Calico (45+6) e Meek (87)

A Sanjoanense assegurou a passagem à 2.ª eliminatória da Taça de Portugal, num jogo que se antevia difícil para os alvinegros, mas a forma séria como a Sanjoanense abordou o jogo, tornou-o mais fácil.
Com as estreias no onze inicial de Gabriel Souza, Pedro Araújo, Marcos e Joel Silva, a Sanjoanense entrou bem no jogo e Joel Silva, foi o primeiro a criar perigo junto da baliza de Baía. À passagem do minuto 11`, Ruben Alves, cobrou um canto na esquerda e Joel Silva aproveitou um desvio do defesa, e de cabeça inaugurou o marcador.
Joel Silva, ainda fez o segundo golo, mas o árbitro anulou o golo porque Marcos Brazion tocou na bola antes de esta entrar em posição de fora de jogo.
O Lusitano com uma equipa bem organizada ia tentando criar perigo junto da baliza de Gabriel, Vasco Paredes com um remate forte fora da área fez o único remate à baliza.
O minuto 39` foi de azar para Marcos Brazion e Pedro Pereira, chocaram um contra outro, tiveram de ser substituídos por lesão, sendo transportados para o hospital por precaução, felizmente os dois atletas estão a recuperar bem.
Quando já passavam 6` minutos dos 45`, Kiko cruzou para área e o defesa Calico ao tentar cortar a bola fez auto golo, estava feito o segundo golo da Sanjoanense, resultado que se verificava ao intervalo.
Na segunda parte Luís Barry com um remate à meia volta obrigou Gabriel Souza à defesa da tarde. A partir daí a Sanjoanense aproveitou o cansaço físico do Lusitano desperdiçando várias oportunidades de golo, para desespero dos avançados alvinegros. Nicolas Meek, que havia entrado no jogo, aproveitou a ressaca de um remate de Nuno Barbosa para fazer o terceiro golo.
Até ao final da partida não houve mais alterações no marcador, os alvinegros passam assim à próxima eliminatória da taça de Portugal. O Lusitano de duas divisões abaixo da Sanjoanense, enquanto teve frescura física foi tentando equilibrar a partida mas a diferença das equipas foi-se notando ao longo do tempo.
No próximo domingo, às 11h, regressa o campeonato, com a Sanjoanense a deslocar-se a São João Ver para defrontar a equipa local.

No sorteio da 2ª eliminatória da Taça de Portugal que decorreu hoje dia 13, a Sanjoanense vai receber no Conde Dias Garcia o CF Marialvas no dia 2 outubro.

4 Recomendações
9 visualizações
bookmark icon