Educação

Está aí mais um ano letivo e, com ele, o regresso das rotinas

• Favoritos: 1


Estamos a poucos dias do arranque do próximo ano letivo, e isso implica a correria para a compra de novos manuais escolares, o regresso às rotinas, ansiedades, e em alguns casos, amigos novos. O próximo ano não contará com medidas de combate ao COVID

Chegou aquela altura do ano desejada por muitos e menos por outros. O início do ano letivo é daqui a poucos dias, e isso significa que para muitos encarregados de educação é altura de começar a fazer contas à vida, preparar a compra de manuais e material escolar para os filhos. Desde o comércio tradicional às grandes superfícies, a azáfama é visível com a escolha dos cadernos, lápis e, quem sabe, a mochila nova desejada.
César e Mafalda são pais dos gémeos Rodrigo e André, que vão frequentar o 4.º ano da EB1/JI de Carquejido. Mostram-se tranquilos com o regresso dos filhos à escola, uma vez que, “com calma e serenidade”, anteciparam este retorno, de forma a “contornar a ansiedade”, preparando “emocionalmente” os filhos para saberem lidar com o fim das férias e o regresso à escola. “Uma das nossas estratégias é dar a entender que, ainda que as aulas iniciem, terão igualmente oportunidade de usufruírem das atividades promovidas nas férias, tais como passear, andar de bicicleta, praticar desporto, e tudo aquilo que mais gostam”, enfatiza este casal. Estão atentos a promoções para “aproveitar” descontos de materiais. “Os gastos com o material escolar este ano foram mais elevados. No entanto, como fomos comprando ao longo destes últimos meses, tornou-se menos notório o seu peso no orçamento familiar”, lembram.
Conciliar horários da escola com a profissão dos pais também é pensado atempadamente. “Estamos atentos a datas importantes do calendário escolar e as suas interrupções letivas”. Mafalda e Cesar não se mostram preocupados, “para já”, quanto a medidas de prevenção da covid-19 na escola. “Dado que o regresso às aulas será livre de restrições relacionadas com a pandemia”, e estando ambos vacinados (inclusive já estiveram positivos à covid19), “optamos não exigir-lhes a utilização da máscara em contexto escolar”. Porém, já a higienização, como a desinfeção das mãos, “tornou-se num procedimento regular, pelo menos em casa”.

Poderá ter acesso à versão integral deste artigo na edição impressa de 8 de setembro
ou no formato digital, subscrevendo a assinatura

Calendário escolar 2022/2023

1.º SEMESTRE
Início: 13 setembro de 2022
Fim: 27 janeiro de 2023
INTERRUPÇÕES
14 a 18 de novembro
22 de dezembro a 2 de janeiro
30 de janeiro a 3 de fevereiro

2.º semestre
Início: 6 de fevereiro
Fim: 7 junho 2023 (9.º, 11.º e 12.º anos), 15 junho 2023 (5.º, 6.º, 7.º, 8.º e 10.º anos) e 30 junho 2023 (pré-escolar, 1.º ciclo).
INTERRUPÇÕES
20 a 22 de fevereiro de 2023.
6 a 14 de abril de 2023.

 

9 visualizações
bookmark icon