Sociedade

Estão a ser servidas mais de 560 refeições nas escolas

• Favoritos: 1


Durante as férias de verão, as cantinas escolares continuam de portas abertas em S. João da Madeira. Uma iniciativa da autarquia, que serve mais de 561 refeições em junho a pensar nos alunos mais carenciados e prepara-se para o fazer também em agosto

A abertura das cantinas escolares durante os períodos de férias, como medida de prevenção contra a fome das crianças mais necessitadas e apoio às famílias, há muito que deixou de ser novidade em S. João da Madeira. Por dia, estão a ser servidas em julho uma média diária de 561 refeições, distribuídas por 11 cantinas escolares do 1.º ciclo e pré-escolar.
Em agosto estão previstas cerca de 190 refeições diárias, cuja cantina que estará de portas abertas para a confeção das refeições este ano será a da Escola de Fundo de Vila.
A vereadora da Educação da Autarquia sanjoanense considera que esta oferta da Escola Aberta nos meses de julho e de agosto “constitui uma ação de extrema relevância para as nossas crianças” que, em período de paragem da sua atividade letiva, “têm acesso a atividades lúdicas, de entretenimento, recreativas e de aprendizagem, possibilitadoras do seu acolhimento e consequente desenvolvimento de forma harmoniosa, segura e saudável”, revela Irene Guimarães.
De salientar que em agosto de 2021 foram servidas 1540 refeições, numa média diária de 74 refeições por dia no mesmo período de pausa letiva. “Note-se que este número foi muito inferior ao de alunos inscritos, considerando ter havido muitos casos registados de COVID-19”, refere a vereadora.

Ar­tigo dis­po­nível, em versão in­te­gral, na edição nº 3901 de O Re­gi­onal,
pu­bli­cada em 21 de julho de 2022

5 visualizações
bookmark icon