Cultura e Lazer

Feira do Livro vai receber 27 escritores e ilustradores

• Favoritos: 15


Arranca, dia 8 de julho, a 1.ª edição da Feira do Livro de S. João da Madeira, promovida pela Câmara Municipal, “um desejo muito antigo”, e que conta com um espaço ao ar livre, na Praça Luís Ribeiro.

A Praça Luís Ribeiro, no coração de S. João da Madeira, vai receber a primeira Feira do Livro, que arranca dia 8 de julho, pelas 12h00, e decorrerá até 10 de julho. Trata-se de um “desejo muito antigo”, há muito previsto, mas a pandemia impediu a sua realização. “É urgente e fundamental realizar uma feira do livro na cidade, para consolidar esta política de promoção do livro e da leitura”, deu conta o Presidente da Câmara Municipal de S. João da Madeira, durante a conferência de imprensa, que decorreu na Biblioteca, segunda-feira, dia 27.
Jorge Vultos Sequeira assegurou que, durante três dias, o evento aproximará e envolverá os escritores com os leitores, mas também “parte à conquista de novos apreciadores da leitura. Pretende-se uma participação ativa, pela valorização dos livros, em conjugação com outros eventos literários do concelho”.
O edil lembrou também que a autarquia tem vindo a lançar “um conjunto de iniciativas de promoção do livro e da leitura”. O evento arrancará com 10 stands, nos quais o público poderá encontrar a Rota do Livro, as livrarias Bertrand, Lusíada e Ophidia (S. João da Madeira), Doninha Ternurenta (Ovar), Faz de Conto (Coimbra), e várias chancelas dos grupos Leya e Porto Editora. As edições da Câmara Municipal de S. João da Madeira e dos jornais locais também beneficiam de um espaço neste certame.

Autores sanjoanenses em destaque no último dia do evento

A Feira do Livro, que “se realiza num espaço nobre”, contará com a presença de 27 escritores e ilustradores, onde se destacam nomes, como Álvaro Laborinho Lúcio, João Tordo, Cristina Carvalho, José Carlos Barros, Susana Piedade, Marta Pais Oliveira, Cláudia Cruz Santos, Rita Taborda Duarte e João Reis.
No último dia do evento, pelas 18 horas, o destaque recai sobre o encontro com autores sanjoanenses, onde se destacam as presenças de Cátia Cardoso (jornalista de (O Regional’), Eva Cruz, Margarida Negrais, Paula Frangolho e Tiago Moita.
A coordenadora da Biblioteca Municipal de S. João da Madeira assegurou que a presença destes escritores “vem engrandecer o contacto com os leitores”. Carla Relva garante tratar-se de um programa “completo com atividades”, uma vez que estará sempre com atividades regulares.
Carlos Granja, escritor e programador cultural curador do evento, começou por assumir que “não há muitos eventos literários em Portugal”. Aquilo que acontece é que “existem poucos leitores”, lembrando que acontecimentos desta natureza “permitem e promovem a leitura, recuperam e ganham leitores”.
Assim, durante os três dias da feira, será possível assistir a conversas com escritores, apresentações de livros, sessões de autógrafos, momentos musicais e várias atividades dedicadas aos leitores mais novos, com sessões de contos, oficinas e uma exposição.

15 Recomendações
14 visualizações
bookmark icon