Sociedade

Armando Ferreira Marques na eternidade

• Favoritos: 21


Colaborador d‘O Regional’, durante muitos anos, Armando Ferreira Marques com “Retalhos para uma Manta” faleceu aos 93 anos.

Muitos recordarão certamente o seu contributo através da crítica, por vezes contundente, mas sempre construtiva neste semanário, que tantas vezes alertou as entidades responsáveis para situações que necessitavam de ser resolvidas na cidade.
Nascido em Angeja a 4 de agosto de 1928, viveu a sua infância em Santa Maria da Feira, terra pela qual nutria profundo carinho. Viveu ainda em Ovar após o matrimónio e também lá criou relações, quer com as gentes da terra (ajudando e redigindo documentos oficiais para diversos fins a quem lho solicitava), com a imprensa e o Sr. Padre Bastos e com o Orfeão de Ovar, que trouxe até à “sua cidade”. Porém, foi em S. João da Madeira que desenvolveu inúmeras atividades e eventos culturais dos quais guarda uma remota e nebulosa recordação.
O Sr. Marques da Oliva, como muitos o conheciam, assim como pela inseparável cigarrilha e chapéu (mais tarde o boné), dedicou-se de forma apaixonada ao Centro de Cultura e Recreio Oliva, ao seu Grupo de Teatro Amador, à organização de grandiosas festas de Natal, que tantos ainda deverão reter na memória, ao concurso “Avental de Chita”, ao “I Encontro de Coros”, aos “Festivais de Teatro Amador de S. João da Madeira”, de excursões a Lisboa, onde não podia faltar a visita ao Jardim Zoológico, bailes de Passagem de Ano e de Carnaval, concursos de Construções na Areia, aos filmes que passava nas instalações do Centro, sendo projecionista diplomado pela F.N.A.T. Ao longo dos anos colaborou com vários pelouros nesta instituição, na sede, na biblioteca, no grupo coral, na Escola de Música e Acordeão.
Presidiu à comissão organizadora da “Festa Grande” de S. João da Madeira, foi um dos fundadores do Centro Cultural Desportivo e Recreativo de Fundo de Vila. Foi ainda diretor do boletim “O Pirilampo” do Clube de Campismo de S. João da Madeira, correspondente do “Primeiro de Janeiro”, do “Diário de Notícias”, do “Jornal de Ovar” e do “Seis semanas”.
Pai sempre presente e interessado, passou pelas Associações de Pais das escolas logo que estas começaram a ser constituídas.
Armando Ferreira Marques prestou longos e relevantes serviços à comunidade, especialmente a S. João da Madeira, merecendo a nossa gratidão.
Aqui lhe prestamos a nossa singela homenagem e que a PROVIDÊNVIA Divina lhe reserve um bom lugar.
Para toda a família o nosso sentimento solidário.

JSP

21 Recomendações
218 visualizações
bookmark icon