Sociedade

Apresentado livro sobre a biodiversidade do Parque do Rio Ul

• Favoritos: 2


Sessão de apresentação decorreu esta semana. São mais de 200 páginas, que reúnem informações e imagens sobre animais e plantas que têm o seu habitat no principal parque verde municipal.

“Este livro é dedicado a todos que contribuíram para o desenvolvimento do Parque do Rio Ul e que fomentaram e continuam a fazer crescer a consciencialização para a preservação do património natural no concelho de S. João da Madeira”. Esta frase consta da publicação “A Biodiversidade do Parque do Rio Ul”, apresentada esta semana pela Câmara Municipal.
A cerimónia abriu com um momento de flauta a cargo da Academia de Música de S. João da Madeira, a sessão decorreu no último domingo na clareira central do Parque do Rio Ul, tendo contado com a presença do Presidente da Câmara, Jorge Vultos Sequeira, e de todos quantos colaboraram na publicação.
Assim, estiveram nesta apresentação os responsáveis pelos conteúdos do livro, nomeadamente o fotografo Eduardo José Duarte, a técnica de ambiente da autarquia Vera Neves, o ecólogo José Pedro Silva, e David Gonçalves, em representação do Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos da Universidade do Porto, entidade responsável pela revisão científica da obra.

“Valorização das questões ambientais”

O edil de S. João da Madeira salientou que a edição do livro se insere na “estratégia municipal de valorização das questões ambientais”. São mais de 200 páginas, com muita informação e centenas de imagens captadas pelo sanjoanense Eduardo José Duarte, que, perante o muito público presente na apresentação, vincou a sua paixão pela fotografia e pelo Parque do Rio Ul.
Agradecendo e salientando a qualidade do trabalho que resultou neste livro, o Presidente da Câmara dirigiu ainda uma palavra especial de reconhecimento ao arquiteto sanjoanense Sidónio Pardal, autor do projeto do Parque do Rio Ul, que também esteve presente nesta sessão de lançamento deste guia que compila uma lista extensa de organismos que incluem 189 espécies de fauna, 229 de flora e 44 de fungos.
Na base desse trabalho esteve o estudo da biodiversidade realizado em 2018, no âmbito do Projeto de Conservação e Dinamização do Parque do Rio Ul, que incluiu também as obras da Casa da Eira, Casa do Forno e Moinho, entre outros melhoramentos.

2 Recomendações
8 visualizações
bookmark icon