Desporto

Sanjoanense descarrila no dérbi, mas encanta nas bancadas

• Favoritos: 2


A Sanjoanense foi goleada no dérbi com a Oliveirense, por 7-0, num resultado que espelha uma exibição menos conseguida dos alvinegros, que têm vindo a fazer uma grande segunda volta e que por essa razão conseguiram reentrar na luta pela permanência. 

Oliveirense,  7 - Sanjoanense, 0

Os primeiros minutos foram divididos, com a ADS a ter mais posse de bola, mas a Oliveirense mostrava-se perigosa no contra-ataque, e foi precisamente numa transição rápida que marcou, numa jogada concluída por Xavier Cardoso, antigo atleta da Sanjoanense. Até ao intervalo ainda houve mais um golo da Oliveirense e alguma ineficácia da Sanjoanense no pouco perigo criou. A segunda parte foi ainda mais cinzenta e o conjunto de Vítor Pereira só se pode queixar de si próprio, pois sofreu a totalidade dos golos em lances de contra-ataque, transições rápidas e, já na ponta final, em underplay. Foi uma vitória natural da Oliveirense, assumida candidata ao título, apesar de estar a fazer uma temporada intermitente, frente a uma ADS que se apresentou uns furos abaixos daquilo que vinha produzindo.

Ressalve-se o apoio esmagador que os sanjoanenses proporcionaram em Oliveira de Azeméis. Foram mais de meio milhar, com cânticos incessantes do início ao fim, apesar do desfecho negativo do marcador. Pese embora a derrota, a jornada acabou por não ser má para a ADS, pois Parede e Marinhense empataram a zero e o Turquel perdeu na Luz, com o Benfica. Os alvinegros mantém-se acima da linha de água, agora com dois pontos à maior para o Parede.
Na próxima jornada, há mais uma partida dificílima, no Pavilhão João Rocha, em Lisboa, diante do Sporting, no sábado, às 15h00.

2 Recomendações
5 visualizações
bookmark icon