Opinião

O usurpador…- quero, posso e mando -

• Favoritos: 4


Andamos distraídos durante muito tempo e de repente, “acordamos” a ouvir o senhor Putin a declarar guerra à Ucrânia e subjugar todo o seu território. Estamos em paz na Europa e vivemos numa Democracia positiva e de Valores, e como é possível que um homem só, usa uma disformidade de intenções para provocar uma guerra e tomar de assalto um país vizinho. Esta monstruosidade, que pode vir a acontecer, vai morrer muita gente e destruir um país que sempre quis viver em democracia e quer governar em paz com os seus concidadãos. Este senhor para mim é um “usurpador” que não se contenta com o que tem, e preparou um forte poderio bélico de guerra para massacrar e destruir um país europeu que quer fazer parte da NATO. Duas “repúblicas” já estão! São elas, Donetsk e Lugansk. Vergonhoso!!!

Todo o mundo está em guerra
Há aviões pelo ar,
Navios-tanques em terra.
Por toda a parte o clamor,
Todo o mundo está em guerra.

É a força que comanda
O homem fora do bem.
Entra em qualquer país
Como não fosse de alguém.

Há chacinas há matanças
Por essas terras além.
Os rios correm com sangue,
Já não se poupa ninguém.

Até quando esta desgraça,
Até quando esta dor?
Do mundo sinto vergonha,
Escondo o rosto de pavor…

Existe o Tribunal de Haia nos Países Baixos, conhecido como Tribunal Penal Internacional que realiza julgamentos de crimes de genocídio; crimes contra a humanidade, crimes de guerra e crimes de agressão. Caso a Rússia avance para o genocídio proposital, este Tribunal, deve intervir para julgar o culpado ou culpados, por essa trágica “odisseia”.
Rezo, para que a perspetiva de uma guerra sobre a Ucrânia não aconteça…

Post scriptum - Escrevi estes quatro versos em prosa na década de 70, por ter acompanhado situações desagradáveis como esta que está a acontecer. Nunca pensei que um dia a publicava…

4 Recomendações
6 visualizações
bookmark icon