Sociedade

Morreu ex-presidente da Junta de Freguesia, Amadeu Cruz

• Favoritos: 4


Amadeu Cruz, ex-presidente da Junta de Freguesia, morreu aos 90 anos. Autarca entre 1997 e 2001, foi militante do PS e o seu nome destacou-se em vários cargos políticos e associações.

Morreu, na última sexta-feira, dia 4, aos 90 anos Amadeu Cruz (1931-2022), figura histórica do Partido Socialista (PS) e ex-presidente da Junta de Freguesia, de S. João da Madeira, numa altura em que a Câmara Municipal era liderada, no seu último mandato, por Manuel Cambra.
Amadeu Cruz foi eleito pelo (PS). Exerceu o cargo de Deputado à Assembleia República, eleito nas primeiras eleições livres, com sufrágio universal, realizadas em Portugal, após a Revolução de 25 de abril de 1974.
O autarca foi também Presidente da Assembleia Municipal de S. João da Madeira. Militou no Partido Socialista, onde ocupou o cargo de Presidente da Comissão Política Concelhia e o cargo de dirigente distrital do seu partido. Foi ainda um dos fundadores da Associação do Centro de Apoio aos Idosos Sanjoanenses (ACAIS) e dirigente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de S. João da Madeira. O seu nome destacou-se ainda no desporto. Foi atleta de Hóquei em Patins, representou, também, as cores da Associação Desportiva Sanjoanense.

Amadeu Cruz trouxe para a Junta o primeiro autocarro

Rodolfo Andrade, presidente da Junta de Freguesia e presidente da concelhia do PS, lamentou a morte do antigo autarca. “Amadeu Cruz foi, como presidente da Junta, dirigente associativo, presidente da Assembleia Municipal, cidadão, uma pessoa de referência. Era um socialista convicto, um militante com uma convicção única, um ser interessante, que respeitava tudo e todos, e apaixonado por S. João da Madeira”.
Enquanto presidente de Junta, destacou “duas grandes marcas” do seu mandato, que “ainda hoje se justificam e são uma referência” na Junta. “Foi com ele que a Junta adquiriu o primeiro autocarro e a criação do Centro de Fisioterapia”, enfatizando que as lembranças do ex-autarca são “altamente positivas, marcantes para a vida da freguesia”, rematou.
Por sua vez, a Câmara Municipal publicou na sua página de Facebook uma nota de pesar, onde recorda Amadeu Cruz como alguém com “reconhecida generosidade e sempre disponível para a causa pública. Neste momento de luto, a Câmara Municipal endereça sentidas condolências a familiares e amigos, manifestando grande pesar pela perda desta referência incontornável da vida pública sanjoanense”, refere a autarquia.

Câmara aprova voto de pesar

Foi aprovado, por unanimidade, na reunião da Câmara Municipal desta semana um voto de pesar pelo falecimento de Amadeu Cruz.
O documento recorda o percurso político e associativo do sanjoanense, a quem atribui “reconhecida generosidade”, estando “sempre disponível para a causa pública”. Segundo o voto, o falecimento de Amadeu Cruz constituiu “uma grande perda para a nossa cidade”.
O ex Presidente da Junta de Freguesia é apontado como “referência incontornável da vida pública sanjoanense”. O Presidente da Câmara vincou ainda a sua “fidelidade aos valores da democracia”, recordando que o sanjoanense estivera na Assembleia da República “no momento fundador desta República”, após as eleições de 1976.

4 Recomendações
10 visualizações
bookmark icon