Opinião

Lviv, Ucrânia

• Favoritos: 2


Nós cá pela Europa já tivemos umas doses fortes de uns malucos que acordavam mal dispostos e viam como solução mandar umas tropas para casa dos vizinhos

Passamos os últimos dois anos em confinamentos, restrições, alívios, mais confinamentos, mais restrições... enfim! Foram dois anos para esquecer, ou então para refletirmos. O que vai ser difícil, pois pelos vistos, ainda não nos livramos desta pandemia e não sabemos mesmo quando é que vai terminar.
Mas na verdade, por estes dias estamos a começar a pôr a cabeça de fora, sentíamos já algum alívio, eis que um louco resolve invadir e atacar com toda a força um país seu vizinho... Nós perguntamos porquê? E o indivíduo em causa, que se deve julgar o dono disto tudo, responde: Eu, invadir?!
Nós cá pela Europa já tivemos umas doses fortes de uns malucos que acordavam mal dispostos e viam como solução mandar umas tropas para casa dos vizinhos... Todos nós temos consciência de como estas coisas acabam, ou por outra, não acabam. As feridas que estas coisas causam a toda a gente.

Moeda ucraniana, recordação do nosso amigo Andriy...

Naturalmente que somos solidários com a Ucrânia. Sem muito esforço consigo sentir a revolta, a dor, a indignação... Podemos começar a especular... com mobilizações gerais, basta que para isso outro louco se lembre de ripostar com as mesmas armas para cima do país vizinho que resolveu atacar. Começo a temer pelos nossos jovens. Estas coisas começam de ânimo leve. O problema é como vai parar.
Temos um amigo ucraniano que fez connosco os caminhos de Santiago. Apesar de nunca ter estado em Portugal, era a primeira vez que vinha cá para fazer o caminho, aprendeu português e falava fluentemente. Um dia destes ligou-nos e conseguimos perceber a sua dor, como está a sofrer a sua família. Andriy, a minha família e todo o meu país estamos juntos convosco!
Na música, proponho-vos algo que nos ajuda a aliviar um pouco tudo isto, “O Bolero de Ravel”
Nos livros, “Memórias de Guerra”, de Flávio Capuleto.
Vamos manter-nos solidários...

2 Recomendações
9 visualizações
bookmark icon